Tamanho do texto

Primeiro sikh a conseguir autorização para usar adereço no tradicional regimento do Exército britânico aponta "mudança de paradigmas" a jornal

Militar com turbante chamou a atenção mundial no desfile de aniversário da rainha Elizabeth II
Reprodução/Twitter
Militar com turbante chamou a atenção mundial no desfile de aniversário da rainha Elizabeth II

Para todos que conhecem minimamente a cultura do Reino Unido, a imagem acima é, em um primeiro momento, chocante. Revolucionária, talvez. Isso porque ela mostra que – em meio aos mais de mil militares que desfilaram, no último sábado (9), em comemoração ao aniversário de 92 anos da rainha Elizabeth II – um dos soldados britânicos havia trocado o icônico chapéu de pele de urso por um turbante.

Leia também: Rainha Elizabeth II é dona de um restaurante McDonald’s na Inglaterra

O nome desse soldado, que teve seu rosto estampado em todos os veículos de imprensa, nesse fim de semana, é Charanpreet Singh Lall. Aos 22 anos, ele é o primeiro em toda a história do tradicional regimento Coldstream Guards a conseguir autorização para usar seu turbante na cerimônia. Ele é da religião sikh, que proíbe homens de cortarem o cabelo e os orienta a usar o adereço para prender seus longos fios.

Esse regimento britânico existe desde 1650 e nunca chegou a ser registrada, entre os soldados que pertencem a ele, uma autorização como essa. Ciente da grandeza de tal conquista, Lall falou em "mudança de paradigmas", durante uma entrevista que cedeu, após o desfile.

“Espero que as pessoas que assistiram ao desfile entendam e encarem isso como uma mudança nos paradigmas”, afirmou o soldado em entrevista ao jornal britânico  The Independent

“Tenho esperança que outras pessoas como eu, não só sikhs , mas de outras religiões e origens diferentes, vejam isso e se encorajem a entrar para o exército”, continuou o indiano que se mudou para a Inglaterra quando bebê e que se alistou no exército britânico em 2016. 

Leia também: Operação London Bridge: veja o plano secreto para funeral da Rainha Elizabeth II

O aniversário da rainha Elizabeth II ocorre no dia 21 de abril. Porém, ele é comemorado tradicionalmente no segundo sábado de junho, no evento chamado Trooping the Colour.

Sikhs no Exército britânico

Apesar de ter sido o primeiro a ter permissão oficial e a 'escancarar' a presença de diferentes religiões no exército britânico, Lall está longe de ser o primeiro guarda de outra religião a integrar as forças armadas da Inglaterra. Afinal, de acordo com o Ministério da Defesa britânico, há cerca de 200 militares que se declaram sikhs no exército.

Inclusive, a criação de um regimento específico para membros da religião é uma discussão recorrente no Reino Unido. Talvez, com a ocorrência de um soldado com turbante , em um evento tão tradicional como o aniversário da rainha, essa discussão volte à tona. 

Leia também: “Acho que ninguém quer ser rei ou rainha”, diz Harry sobre família real

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.