Tamanho do texto

Homem foi abordado pelos policiais e levado para a delegacia após ser acusado de agredir funcionários do aeroporto; segundo oficiais, ele se atrasou porque estava fumando em área afastada da pista de embarque

Homem de 57 anos invadiu pista de decolagem e tentou abrir a porta do avião para que pudesse embarcar para Adelaide
Reprodução/9News
Homem de 57 anos invadiu pista de decolagem e tentou abrir a porta do avião para que pudesse embarcar para Adelaide

Um passageiro foi acusado de agredir um funcionário da companhia aérea Jetstar enquanto tentava entrar em um avião no Aeroporto de Melbourne na manhã de quarta-feira (16). Segundo informações do canal australiano 9News , o homem de 57 anos, que não teve a identidade divulgada, estava atrasado e tentou forçar a porta da aeronave na tentativa viajar.

Leia também: Homem escala torre de energia e morre eletrocutado em cidade da Colômbia

Por volta das 9h30 da manhã, no horário de Brasília, o rapaz foi visto chacoalhando a porta do avião , tentando forçar a entrada com os pés. Um segurança do aeroporto informou que o passageiro driblou a equipe e saiu correndo para a pista de decolagem, a fim de pegar o voo que iria de Sydney para Adelaide.  

Investigações sobre atraso e testemunhas no avião

Oficiais da Polícia Federal Australiana (AFP) foram chamados até o local e levaram o homem para a delegacia. De acordo com a polícia, ele agrediu um funcionário que tentara o impedir de viajar.

Ainda foi relatado que ele teria se afastado da área de embarque para fumar, o que pode ter gerado o atraso. 

Leia também: Mulher grávida é presa e chicoteada 75 vezes por se casar sem a aprovação do pai

A AFP comunicou que as investigações tiveram início nesta quinta-feira (17) e que o acusado deverá comparecer ao tribunal no dia 12 de junho. Uma testemunha identificada somente como Susannah contou detalhes da tentativa de invasão do australiano.

Oficiais da Polícia Federal Australiana (AFP) foram chamados até o local e levaram o homem para a delegacia na quarta
Reprodução/9News
Oficiais da Polícia Federal Australiana (AFP) foram chamados até o local e levaram o homem para a delegacia na quarta

"Estávamos sentados esperando para embarcar quando alguns passageiros se assustaram com um barulho vindo de fora. Notei que um homem estava correndo na pista de decolagem e que vinha em direção à escada posicionada na porta do avião. O rapaz estava muito nervoso, dava socos e arranhava os seguranças, um deles saiu de lá com um curativo improvisado no pescoço depois que a polícia chegou”, contou.

Leia também: Após dois anos, família devolve urso que adotou pensando ser filhote de cachorro

Uma porta-voz da Jetstar se posicionou sobre o ocorrido, afirmando que os funcionários conseguiram conter o passageiro em fúria e que permanecerão com treinamentos para que a equipe esteja preparada para lidar com situações semelhantes. "Depois que o rapaz tentou invadir o avião , tivemos um atraso de aproximadamente uma hora. Este tipo de comportamento é inaceitável, e como medida de segurança o proibiremos de viajar com nossa companhia novamente”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.