Tamanho do texto

Detido pela polícia, o responsável pelo ataque agiu do lado de fora de uma escola de ensino fundamental, quando as crianças voltavam para suas casas

O responsável pelo ataque com faca no norte da China foi detido pelas autoridades locais (foto meramente ilustrativa)
shutterstock
O responsável pelo ataque com faca no norte da China foi detido pelas autoridades locais (foto meramente ilustrativa)


Um homem armado com uma faca matou ao menos sete crianças e feriu outras 12 nesta sexta-feira (27), enquanto os estudantes saíam da escola na província de Shaanxi, no norte da China. De acordo com a BBC News , o responsável pelo ataque foi detido e as crianças receberam tratamento médico.

Leia também: Trump declara fim da guerra entre as Coreias e atribui reunião de paz aos EUA

O incidente aconteceu às 18h10 do horário local (07h10, no horário de Brasília) e acredita-se que as vítimas tinham entre 12 e 15 anos de idade. As autoridades da China não comentaram sobre o possível motivo para o ataque, que aconteceu do lado de fora de uma escola de ensino fundamental.

Histórico de ataques com faca na China

Ataques fatais com facas não são incomuns no país. Entre os anos de 2010 e 2012, por exemplo, uma série de incidentes com crianças em idade escolar vitimou pelo menos 25 estudantes e deixou outros 100 feridos.

De acordo com a emissora NDTV , em fevereiro de 2016 um homem esfaqueou 10 crianças em uma escola de Hainan, ilha chinesa, antes de cometer suicídio. Em 2014, outro chinês invadiu uma escola – que se recusou a matricular sua filha – e matou três crianças e uma professora, além de ferir outras dezenas de crianças.

Leia também: Terrorista sobrevivente a ataque ao Bataclan é condenado a 20 anos de prisão

Além dos casos em escolas, em fevereiro, um homem com uma faca matou uma mulher e deixou outras 12 feridas em um shopping center em Pequim. Outro caso aconteceu em julho de 2017, quando outro homem armado com uma faca matou duas pessoas e feriu nove em um supermercado, da rede Wal-Mart, na cidade de Shenzhen, no sul do país asiático.

Um dos maiores ataques da China  aconteceu em uma estação de trem da cidade de Kunming, onde 29 pessoas morreram e outras 100 se feriram. Os três homens responsáveis pelo crime foram presos e receberam a pena de morte como sentença. Acusados de homicídio e terrorismo, eles foram executados em março de 2015.

Leia também: Confundidos com traficantes, três estudantes são dissolvidos em ácido no México

*Com informações da Agência Ansa