Tamanho do texto

Oficiais de Essex afirmaram que ainda não é possível informar as motivações que levaram rapaz a deitar-se na avenida; eles apontaram que acidente ocorreu por volta das 2h30 da madrugada, e que seguem investigando o caso

Polícia afirmou que  jovem faleceu no local onde foi atropelado por carro, próximo a um canteiro de obras, na Braintree Road
Reprodução/Google Street View
Polícia afirmou que jovem faleceu no local onde foi atropelado por carro, próximo a um canteiro de obras, na Braintree Road

Um jovem morreu ao ser atropelado por um carro depois de se deitar no meio de uma estrada na cidade de Halstead, na Inglaterra. De acordo com informações do Mirror , o rapaz que não teve a identidade divulgada, tinha aproximadamente 20 anos, e foi atingido e morto nas primeiras horas da manhã do domingo de Páscoa (1).

Leia também: "Eu a perdoo", diz guru que teve pênis arrancado por mulher que tentou estuprar

A polícia do condado de Essex afirmou que o jovem faleceu no local onde foi atropelado, próximo a um canteiro de obras, na Braintree Road. Ainda não é possível informar as motivações que levaram o rapaz a deitar-se na avenida. Os oficiais expuseram que, após a colisão ocorrida por volta das 2h30 da madrugada, a estrada foi interditada para que o carro e o corpo do rapaz pudessem ser retirados da área.  

"Este foi um incidente trágico, e ainda não temos tantos dados concretos. Nossos sentimentos e condolências a família da vítima que foi encontrada no domingo. Comunicamos que os inquéritos continuam, e que necessitamos que testemunhas que presenciaram o acidente se manifestem. Contamos com a ajuda de qualquer pessoa que tenha visto algo e que queira contribuir nas investigações”, disse o sargento da Polícia de Essex, Adam High.

Leia também: Motorista se esquece de puxar o freio de mão e carro cai dentro de piscina

Casos semelhantes

No Brasil, um acidente semelhante ocorreu na Rodovia Anchieta após uma professora de dança de Santos, litoral paulista, ser atropelada duas vezes em um intervalo de apenas cinco minutos . O caso aconteceu na madrugada de um domingo, em dezembro de 2017, quando Alessandra Andrade, que dava aulas no SESI, voltava de uma apresentação.

Informações divulgadas pela Polícia Militar (PM) apontaram que a professora de dança pilotava uma moto na rodovia que liga São Paulo a Baixada Santista no momento do acidente. Ela foi atingida por um veículo, sendo arremessada e atropelada em seguida.  O motorista abandonou o lugar sem prestar socorro à vítima e não foi localizado pelas autoridades. 

Leia também: Guepardos entram em carro e turista tem que permanecer imóvel; assista

Percebendo a situação, outro motorista que passou pelo local alguns minutos depois decidiu parar para ajudar Alessandra. No momento em que era auxiliada, a professora foi atropelada mais uma vez por outro carro . Ela foi novamente arremessada e morreu no local. O motorista que prestava socorro não foi atingido pelo veículo.