undefined
Reprodução/The Sun
Polícia de Goodyear relatou que a professora da sexta série é casada e, atualmente, encontra-se detida em uma delegacia

Uma professora acabou presa após ser acusada de assediar sexualmente um aluno de 13 anos, no Arizona, Estados Unidos. De acordo com o The Sun , a mãe do garoto decidiu denunciá-la ao conselho estudantil do colégio Las Brisas depois de ler as mensagens que o seu filho e Brittany Zamora, de 27 anos, trocavam via redes sociais.

Leia também: Pais espancam e jogam óleo quente em filha que rejeitou casamento arranjado

A polícia de Goodyear, responsável pela investigação do caso, relatou que a professora da sexta série é casada e, atualmente, encontra-se detida em uma delegacia. Ainda segundo os oficiais, Zamora foi presa na última quinta-feira (22) por apresentar má conduta sexual em relação ao estudante.

As alegações de assédio sexual foram apresentadas às autoridades pelo diretor do colégio, que recebeu todo o conteúdo explícito por meio da mãe do aluno – cuja identidade foi preservada. A polícia diz ainda que o teor sexual das mensagens é verídico e que, em breve, a acusada deverá comparecer a uma audiência no tribunal para a conclusão do caso.

O conselho estudantil afirmou que, embora a lei de privacidade dos funcionários não permita comentar as polêmicas envolvendo os trabalhadores do local, acredita ter tomado a atitude correta em afastar a mulher do ambiente escolar.

Leia também: Homem finge ser envenenado e obriga mulher a transar porque 'sexo era antídoto'

“A segurança dos nossos alunos é a nossa prioridade, assim como a transparência com os demais funcionários. Buscaremos cooperar com o departamento policial para que tudo seja resolvido cuidadosamente”.  

Assédio sexual e perseguição

Um caso semelhante a esse foi descoberto no final de fevereiro, no estado americano da Flórida, quando a professora de ciências Stephanie Peterson, 26 anos, foi presa por manter relacionamentos sexuais com um de seus alunos , de 14 anos, a quem também enviava fotos íntimas e para quem comprava maconha.

No episódio, a vítima relatou à polícia que a mulher ainda costumava aparecer em sua casa, diversas vezes, por volta das 23h. Além disso, a professora chegou a pedir ao aluno que não contasse a ninguém sobre o caso, para “evitar problemas para ambos”.

Leia também: Alunos ‘dão um Google’ e descobrem que professor de matemática é ator pornô

Peterson, que lecionava na escola New Smyrna Beach, foi detida sob as acusações de  estupro estatutário – quando há interação sexual consensual entre um adulto e uma criança maior de 12 e menor de 16 anos, de acordo com a legislação da Flórida.

Ela foi acusada também de transmitir materiais nocivos a um menor de idade. A professora se demitiu e está presa na Penitenciária do Condado de Volusia sob fiança de 25 mil dólares, o que equivale a aproximadamente R$ 80 mil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários