Tamanho do texto

Tremor de 6,5 pontos atingiu a ilha de Java, uma das maiores do país; nos últimos meses, vulcão tem preocupado moradores de outra ilha, Bali

Terremoto atingiu Indonésia na noite desta sexta-feira (15)
Reprodução/Twitter
Terremoto atingiu Indonésia na noite desta sexta-feira (15)

Pelo menos duas pessoas morreram e sete ficaram feridas após um terremoto de magnitude 6,5, que atingiu a ilha de Java , na Indonésia , na noite desta sexta-feira (15). Além disso, dezenas de edifícios ficaram danificados, segundo fontes oficiais.

O terremoto ocorreu às 23h47 no horário local (14h47 no horário de Brasília) e teve origem a 91 quilômetros de profundidade, no subdistrito de Cipatujah, localizado na costa sul da ilha, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

A Agência de Meteorologia, Climatologia e Geofísica da Indonésia calculou originalmente a magnitude do terremoto em 6,9 e emitiu de madrugada um alerta de tsunami nas províncias de Java Ocidental, Java Central e Jogjacarta. Mas o anúncio foi cancelado horas mais tarde.

As vítimas foram registradas em mais de uma província que compõem a ilha. Uma pessoa morreu e seis ficaram feridas em Java Ocidental. E outra morreu e uma ficou ferida na província de Java Central, afirmou o diretor de Informações da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho.

Nas duas províncias, 43 edifícios desabaram e 65 sofreram pequenos danos por causa do terremoto.

Há pouco mais de um ano, em 7 de dezembro, um terremoto de 6.5 já havia matado cerca de 100 pessoas na ilha de Sumatra. Essa mesma região, também em dezembro, foi palco de uma das maiores tragédias naturais da história, quando, em 2004,  um sismo de 9.1 provocou um tsunami no Oceano Índico e fez 250 mil vítimas, sendo 100 mil apenas da Indonésia.

Leia também: Segundo turno das eleições presidenciais no Chile acontecem neste domingo

Atividades tectônicas

Aproximadamente 150 milhões de pessoas, mais da metade da população da Indonésia, vivem em áreas com risco de terremotos, devido às atividades tectônicas da região, que também provocam risco de erupções.

Nos últimos meses, o vulcão Agung, em outra ilha do país, Bali , tem tido erupções tanto de gases e fumaça como de lava, provocando o deslocamento de milhares de pessoas, após o país ter declarado estado máximo de vigilância. Autoridades esperam que uma grande erupção aconteça em breve .

Bali é o destino turístico mais procurado do país e milhares de visitantes chegaram a ficar presos na ilha , após o aeroporto internacional ser fechado pelas atividades do Agung.

*com informações da Agência Brasil e Ansa