'A porta da China foi aberta e não será fechada', garantiu o presidente Xi Jinping nesta quarta
Reprodução/Twitter
'A porta da China foi aberta e não será fechada', garantiu o presidente Xi Jinping nesta quarta

Em um discurso que durou três horas e meia, o presidente da China , Xi Jinping, abriu uma o 19º Congresso do Partido Comunista Chinês nesta quarta-feira (18), destacando sua ambição de construir uma "grande e moderna nação socialista". 

Leia também: Temer encontra Xi Jinping e assina acordos 'positivos para o Brasil' com a China

Para o presidente chinês, parte da renovação pela qual passará a China envolve a abertura de mercado. "A China se tornará apenas e cada vez mais aberta, e as barreiras à entrada de investimentos estrangeiros serão reduzidas. A porta da China foi aberta e não será fechada", garantiu Xi Jinping , acrescentando que as perspectivas para o país são "luminosas".

Seu posicionamento vai na contramão do protecionismo assumido pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Segundo o mandatário chinês, a nação asiática manterá um patamar de crescimento "médio-alto", e o "socialismo com características chinesas entrou em uma nova era".

"Mas alcançar a renovação da China não será como um passeio no parque. O sonho chinês exige uma luta decidida contra as contradições e forte compromisso com projetos e causas. O objetivo final é a construção de uma grande e moderna nação socialista", afirmou.

Leia também: China pede que Trump modere “palavras e atos” por tensão com a Coreia do Norte

Líder com maior poder na China desde Mao Tsé-Tung, Xi também enviou um recado para movimentos soberanistas em Hong Kong e Macau. Além disso, afirmou que Pequim deve manter uma "ampla autoridade central" sobre os dois territórios. De acordo com ele, o partido  vai se opor a "qualquer ação que coloque sua liderança em risco".

Você viu?

O Congresso e as atenções em Jiang Zemin

O 19º Congresso do Partido Comunista durará sete dias e reúne cerca de 2,3 mil delegados, tendo como objetivo renovar a composição de seu Comitê Permanente, formado por sete membros.

Os próximos dias também devem indicar se o presidente chinês ficará no cargo por mais um mandato de cinco anos ou se tentará se perpetuar no poder além de 2022.

Embora o evento seja o mais esperado do ano por toda a China, nem todos aguentaram acordados as três horas e meia de discurso do presidente chinês. 

Jiang Zemin , ex-secretário-geral do Partido Comunista da China, que estava sentado em um lugar de destaque  no Congresso , roubou a atenção dos internautas ao dormir em pleno discurso presidencial.

Zemin, que já tem 91 anos de idade, aparece em fotos dormindo, bocejando e se mostrando entediada durante o discurso de Xi Jinping. Nas redes sociais, internautas fizeram uma série de piadas.

* Com informações da Agência Ansa.

Leia também: Em 2012, Congresso confirmava Xi Jinping como novo líder da China

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários