Tamanho do texto

Vídeo mostra momento em que grande placa de vidro se desprende do teto de shopping e cai no local exato onde mulher estava segundos atrás; assista

Em meio às cenas de destruição provocadas pelo forte terremoto que atingiu o México nessa terça-feira (19) , câmeras de segurança de um estabelecimento comercial flagraram o momento em que uma mulher escapa da morte por questão de segundos.

O episódio miraculoso se passou na Cidade do México , capital do país e um dos locais mais afetados pelo tremor que atingiu magnitude de 7,1 graus na escala Richter.

Leia também: Escola desaba com terremoto no México e deixa mais de 30 crianças mortas

O vídeo foi divulgado pelo jornal britânico The Telegraph e mostra o exato momento em que um homem e uma mulher (aparentemente uma senhora) são acometidos pelo desespero durante os tremores e buscam abrigo no que parece ser o hall de um shopping. Alguns fragmentos do teto começam a cair e o homem é o primeiro a sair em disparada do local. A mulher demora alguns segundos a mais para se evadir de lá e, assim que o faz, uma grande placa de vidro cai no exato local onde a mulher estava segundos atrás. Veja abaixo:

Além do impressionante vídeo do shopping na Cidade do México, vários internautas compartilharam outras filmagens mostrando a destruição provocada pelo terremoto .

Pelo menos 217 pessoas tiveram a morte confirmada em seis diferentes estados do México até a manhã desta quarta-feira (20). Também foram notificadas as quedas de 45 edifícios na região central do país. Veja abaixo algumas dessas filmagens:



A tragédia dessa terça-feira ocorre, curiosamente, exatamente 32 anos após o poderoso terremoto que causou milhares de mortes no dia 19 de setembro de 1985, no país.

Por conta dessa lembrança, inclusive, as autoridades de segurança e proteção civil mexicanas haviam realizado simulação de um abalo sísmico em todo o país apenas duas horas antes do terremoto ocorrido ontem à tarde.

Este já é o segundo terremoto a atingir o México somente neste mês. O primeiro foi registrado no dia 8, quando um tremor de magnitude 8,2 – o mais forte em solo mexicano desde 1932 – deixou 98 mortos no sul do país.