Tamanho do texto

Ram Nath Kovind recebeu a maioria dos votos dos 4,8 mil políticos. Ele deve cumprir mandato de cinco anos, sendo o segundo presidente dalit da Índia

Candidato pelo partido do atual líder do país, Ram Nath Kovind faz parte da população mais oprimida do país
Reprodução/Twitter Ram Nath Kovind
Candidato pelo partido do atual líder do país, Ram Nath Kovind faz parte da população mais oprimida do país

A Índia elegeu seu novo presidente em eleição realizada na última segunda-feira (17), em que votaram um total de 4,8 mil políticos em nome da população de 1,3 bilhão de pessoas em toda a Índia. O resultado das urnas saiu apenas nesta quinta-feira (20), tarde da noite, e trouxe o nome de Ram Nath Kovind , de 71 anos, como o escolhido para o cargo.

Leia também: Após morte de estudante, EUA irão proibir viagens para a Coreia do Norte

Kovind era o candidato preferido, sendo o nome apoiado pelo primeiro-ministro Narendra Modi, do mesmo partido. O presidente eleito possui uma particularidade que tem chamado a atenção dos noticiários de todo o mundo: ele é membro da casta dos “intocáveis” (ou dalit), tornando-se o segundo eleito na Índia em toda a História.

A candidata de oposição Meira Kumar, também dalit, recebeu 225 votos. Já o campeão levou 522 dos votos no colégio eleitoral, que é formado pelas duas casas do Parlamento indiano, assim como as assembleias legislativas de todos os estados do país.

Pela primeira vez na história indiana, os dois candidatos eram da casta dalit, a mais baixa e oprimida da pirâmide social do país. Embora o grupo continue sendo alvo de preconceito, esse tipo de discriminação é proibido por lei desde a década de 1950. O primeiro presidente dalit da Índia foi K.R. Narayanan, que exerceu o cargo entre 1997 e 2002.

Os chamados " intocáveis"  foram considerados impuros e, por isso, banidos da vida social indiana, sofrendo durante milhares de anos a exclusão e a extrema pobreza. Nos últimos 70 anos, programas sociais são feitos para diminuir essa diferença gritante – contudo, muito pouco foi realmente modificado.

Exemplos históricos foram divulgados pelo líder dos “intocáveis”, BR Ambedkar: em um deles, alguns membros da casta foram obrigados a usar cuspideiras ao redor de seus pescoços (para coletarem sua saliva impura). 

Leia também: Porta-voz de Donald Trump pede demissão após seis meses no cargo

Kovind tomará a posse no próximo dia 25, substituindo o atual mandatário, Pranab Mukherjee, para um mandato de cinco anos, se tornando o 14º presidente do país. Ele é ex-governador de Bihar e foi candidato a presidente pela coalização de centro-direita guiada por Modi.

Leia também: Protestos na Venezuela acumulam mais de 100 mortos em quatro meses

Uma atmosfera festiva prevaleceu fora da residência de Kovind, em Maharishi Dayanand Vihar, colônia de Kalyanpur, na noite desta quinta-feira. As pessoas trocaram doces e abraçaram-se assim que os resultados da pesquisa presidencial foram declarados.

 *As informações são da Agência Ansa

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.