Tamanho do texto

O presidente quebrou o silêncio em torno do controverso envolvimento do primogênito com a interferência russa nas eleições de 2016; Trump Jr. se encontrou com advogada ligada ao Kremlin em junho do ano passadado

Donald Trump havia permanecido em silêncio no Twitter acerca da polêmica envolvendo o filho mais velho até esta terça
Reprodução/The Boston Globe
Donald Trump havia permanecido em silêncio no Twitter acerca da polêmica envolvendo o filho mais velho até esta terça

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump defendeu seu filho mais velho nesta quarta-feira (12), afirmando que as acusações de que Donald Trump Jr. teria se encontrado com uma advogada russa ligada ao Kremlin se trata da “maior caça bruxas da história política”. O republicano ainda afirmou que o primogênito é uma pessoa “aberta, transparente e inocente”.

Leia também: Filho de Trump é acusado de participar da interferência russa nas eleições

O filho de Donald Trump foi apontado por uma reportagem do “The New York Times” como sendo peça-chave na interferência russa nas eleições presidenciais em 2016 nos Estados Unidos. De acordo com e-mails enviados por Trump Jr., ele teria se encontrado com a advogada Natalia Veselnitskaya, descrita como emissária do governo de Vladimir Putin, para obter informações que poderiam ajudar o partido Republicano a vencer a disputa contra Hillary Clinton.  A reunião teria ocorrido no começo de junho do ano passado e durado pouco mais de vinte minutos. 

Na noite desta terça, Trump Jr. concedeu uma entrevista à “Fox News” (reconhecidamente pró-governo), em que afirmou que “provavelmente teria feito coisas de uma maneira um pouco diferente [admitindo o encontro com a advogada russa]”.

“Meu filho fez um bom trabalho na noite passada. Ele foi aberto, transparente e inocente. Este é o maior caça às bruxas na história da política. Triste”, escreveu o presidente norte-americano em seu Twitter hoje.

Pouco tempo depois, ele ainda tuitou outra mensagem, dizendo: “lembre-se, quando ouvir as palavras ‘afirmaram fontes’, vindo da Fake Media , frequentemente estas fontes são inventadas e não existem”.

Leia também: Após retomada de Mossul, ONU fala em retorno dos refugiados do Estado Islâmico

O republicano acabou desviando do assunto e começou a atacar a adversária democrata, questionando: “por que não usamos as mesmas regras para [julgar] os democratas. Olhem do que Hillary se livrou. Uma desgraça!”.  

Apesar de todas as mensagens defensivas, ele afirmou que seu governo está focado nos programas de saúde, cortes de impostos e outras coisas, e que “tem muito pouco tempo para ver televisão”.

Leia também: Trump anuncia grupo de segurança virtual com Putin e é ironizado na internet

Até agora, Donald Trump havia permanecido em silêncio no Twitter acerca da polêmica envolvendo o filho mais velho. Ele apenas usou as redes sociais para falar sobre o encontro do G20 e defender a filha Ivanka , que causou reações controversas quando se sentou na cadeira do pai durante um encontro com os outros líderes mundiais, na semana passada.

    Leia tudo sobre: Donald Trump

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.