Tamanho do texto

Aos 96 anos, o monarca está com uma infecção e deu entrada no hospital por 'precaução'; família real afirma que ele está de bom humor e que passa bem

Ainda nesse ano, uma falsa notícia que anunciava a morte do príncipe Philip foi publicada, por engano, pelo tabloide The Sun
Reprodução/Twitter
Ainda nesse ano, uma falsa notícia que anunciava a morte do príncipe Philip foi publicada, por engano, pelo tabloide The Sun

O príncipe Philip de Edimburgo, marido da rainha Elizabeth II, está internado, em Londres, devido a uma infecção. A informação foi divulgada na manhã desta quarta-feira (21) pelo Palácio de Buckingham.

Leia também: Que gafe! Príncipe Philip anuncia aposentadoria e imprensa publica sua morte

De acordo  com a família real, a hospitalização ocorreu por "precaução". "O príncipe Philip deu entrada no hospital ontem [nesta terça]. Ele está de bom humor, mas lamentou não poder acompanhar a rainha no discurso para a abertura do Parlamento e o Royal Ascot (corrida de cavalos)", informou o porta-voz.

Discurso no Parlamento

Nesta quarta, o discurso da rainha na abertura dos trabalhos do novo Parlamento britânico teve como foco a saída do Reino Unido da União Europeia, o chamado 'Brexit'. Oito dos 24 pontos abordados pela soberana tratavam sobre o tema e apontaram para uma negociação "suave e ordenada".

Com isso, a rainha confirmou os rumores de que a premier Theresa May mudará sua postura "dura" nos debates por conta da perda de maioria nas últimas eleições do país, que foram um grande revés para a primeira-ministra.

Leia também: Vídeo mostra momento tenso em que May deixou o Parlamento após atentado; assista

Elizabeth II também afirmou que o governo implantará o "Great Repeal Act", uma lei que cancelará toda a legislação europeia na Grã-Bretanha, mas que o país pretende manter "relações fortes" com o bloco econômico após o "Brexit".

A rainha compareceu ao Parlamento acompanhada do filho Charles. Geralmente, seu marido se senta ao lado enquanto a monarca se dirige aos parlamentares e anuncia as diretrizes do governo. O discurso é o segundo que Elizabeth faz no Parlamento de Londres em pouco mais de um ano. 

Aposentado, mas não morto

Em maio, o príncipe Philip anunciou, em um pronunciamento formal, que se afastaria das atividades públicas, em um tipo de "aposentadoria". Na mesma ocasião, a imprensa britânica –assustada com a formalidade do anúncio – chegou a publicar uma notícia falsa que anunciava a morte do príncipe consorte. 

Leia também: Em 2012, marido da rainha Elizabeth 2ª também foi internado 'por precaução'

* Com informações da Agência Ansa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.