Tamanho do texto

Assassinato aconteceu enquanto milhares de fieis celebravam a Via Crucis

Durante Via Crucis, turista britânica foi esfaqueada enquanto estava viajando em um bonde
shutterstock/Reprodução
Durante Via Crucis, turista britânica foi esfaqueada enquanto estava viajando em um bonde

Na manhã desta sexta-feira (14), uma turista britânica foi esfaqueada por um árabe-israelense em um bonde em Jerusalém, na Cidade Antiga. Segundo fontes médicas e policiais, a vítima morreu pouco depois de chegar ao hospital.

Leia também: Um dos suspeitos de matar turista argentino é preso no Rio de Janeiro

A Agência EFE conversou com o porta-voz do Hospital Hadasa Ein Karem. “Ela chegou ao hospital em situação crítica e pouco mais tarde os médicos a declararam morta."

Hoje, é comemorada a Via Crucis da Sexta-feira Santa. Nessa época do ano, a região é tomada por milhares de fiéis que meditam enquanto percorrem o caminho feito por Jesus carregando a cruz até o Calvário.

Em meio a esse cenário, o ataque aconteceu. De acordo com as informações policiais, quando a mulher, uma estudante de 25 anos, do Reino Unido, viajava em um bonde, próximo às muralhas da cidadela onde é celebrada a peregrinação, ela foi esfaqueada.

Leia também: Turista é atacada por crocodilo ao tentar tirar selfie com o animal na Tailândia

Agressor era palestino

De acordo com o porta-voz policial Micky Rosenfeld, "o agressor foi detido pela polícia no local”. Rosenfeld também acrescentou que o autor do ataque "é árabe-israelense de Ras Al Amud", um bairro palestino no território ocupado de Jerusalém.

Outro assessor dos serviços de inteligência identificou o assassino como Yamil Tamimi, um homem de 57 anos. De acordo com esse porta-voz, o responsável pelo ataque já havia tentado se suicidar este ano, engolindo uma lâmina enquanto estava em um hospital.

Os relatos também dizem que, em 2011, ele já havia sido condenado por atentado ao pudor contra sua própria filha. Rosenfeld explicou que as medidas de segurança em toda a área do centro da cidade continuam, bem como, dentro e ao redor da Cidade Antiga.

A celebração é comemorada no período da quaresma, conhecida também como via-sacra. Muitos peregrinos percorrem esse caminho nessa época do ano, em grupos, ou isoladamente. O país chega a receber milhares de fieis para a celebração.

Leia também: Estados Unidos gravaram conversas sírias antes de ataque químico no país

*Com informações da Agência Brasil