undefined
Reprodução/Twitter News Alert
O chefe da polícia escreveu no Twitter afirmando acreditar que o suspeito teria tentado se matar após o tiroteio

Duas pessoas foram mortas após um tiroteio em uma escola primária da cidade de São Bernardino, na Califórnia, Estados Unidos, segundo afirmou a polícia local na tarde desta segunda-feira (10). As vítimas fatais, que são adultas, foram encontradas em uma das salas de aula na North Park Elementary School.

Leia também: Após atentados, Egito decreta estado de emergência de três meses

O chefe da polícia, Jarrod Burguan, escreveu uma mensagem no Twitter afirmando acreditar que o suspeito teria cometido suicídio após o tiroteio .  Segundo os oficiais, um dos mortos pode ser o atirador; já a outra vítima fatal é apontada como sendo possivelmente um professor.


Além das duas vítimas fatais, outros dois estudantes ficaram feridos, sendo encaminhadas ao hospital para receber tratamento – mas suas condições de saúde ainda são desconhecidas. 

Leia também: Justiça do Peru determina prisão de governador por suposta propina da Odebrecht

A polícia de São Bernardino afirma que a situação já foi controlada. Todos os estudantes foram encaminhados para a Universidade California State University San Bernardino. Já os pais das crianças foram convocados a comparecer à Escola Cajon High School.

Além disso, o chefe da polícia confirmou que a escola primária continua fechada. As áreas no entorno do prédio também estão cercadas de segurança, de acordo com a responsável pela comunicação das escolas de São Bernardino ao “ABC News”.

Leia também: Tensão na Noruega: Polícia de Oslo explode artefato "similar a uma bomba"

Imagens feitas por um helicóptero da rede “ABC Los Angeles” mostram os estudantes saindo do prédio da escola após o tiroteio.  Uma coletiva de imprensa com as autoridades locais será realizada em breve, segundo divulgou a rede de TV “CNN”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários