Tamanho do texto

Duas pessoas morreram no acidente que ocorreu no rio Swan, em Perth; Comemorações do Dia da Austrália foram canceladas após a tragédia aérea

“Havia milhares de pessoas na margem do rio. E mais ao oeste, a bordo de embarcações
Reprodução/The Australian
“Havia milhares de pessoas na margem do rio. E mais ao oeste, a bordo de embarcações", disse o delegado

Duas pessoas morreram após a queda de um avião de pequeno porte na Austrália. O acidente aconteceu sobre o rio Swan em Perth, durante as comemorações do Dia da Austrália, nesta quinta-feira (26), que celebra a chegada dos primeiros colonos britânicos no país.

LEIA MAIS: Acidente ou sabotagem? Filho de Teori Zavascki confirma morte de ministro

A queda do avião foi registrada um vídeo que está sendo compartilhado nas redes sociais. Nas imagens, a aeronave Grumman G-73 Mallard aparece sobrevoando o rio e caindo sobre a água, em frente a milhares de espectadores.

De acordo com o jornal local The Australian , o acidente aconteceu às 17h desta quinta-feira, no horário local (às 7h desta quinta, no horário de Brasília).

De acordo com a polícia local, o piloto Peter Lunch, de 52 anos, e sua companheira indonésia Endah Cakrawati, de 30 anos, morreram no acidente.

“Graças a Deus o avião caiu na água e naquele local", declarou aos jornalistas o delegado Stephen Brown. A declaração foi feita porque, às margens do rio, se concentravam milhares de pessoas, que assistiam às comemorações.

“Havia milhares de pessoas na margem do rio. E mais ao oeste, a bordo de embarcações, muitas outras pessoas também observavam o show aéreo”, completou Brown.

LEIA MAIS: Avião da Gol tem pane e sobrevoa Brasília em círculos por mais de duas horas

O rio Swan atravessa Perth e o pequeno avião participava em um espetáculo prévio aos fogos de artifício. A festa, para a qual as autoridades esperavam 300.000 pessoas, foi cancelada após o acidente.

A prefeita de Perth, Lisa Scaffidi, disse que os fogos de artifício foram cancelados por respeito aos mortos e para "conservar a integridade do local".

O piloto Peter Lunch, de 52 anos, e sua companheira indonésia Endah Cakrawati, de 30 anos, morreram no acidente
Reprodução/The Australian
O piloto Peter Lunch, de 52 anos, e sua companheira indonésia Endah Cakrawati, de 30 anos, morreram no acidente

Para que todos deixassem o lugar o mais rápido possível, serviços de transporte público extra foram organizados.

Milhares de pessoas presenciaram o acidente

A testemunha Craig Newill estava com sua família quando o avião caiu. "Estávamos tão atordoados e chocados", disse ele. "Podíamos vê-lo parar".

LEIA MAIS: IML libera corpos das últimas três vítimas do acidente que matou Teori

"Suas asas estavam apontando para o céu e para a água e pensamos" isso não é bom ", então o vimos quebrar em duas partes", afirmou.