O artista plástico e escultor Fernando Fernandes Bessa chamou a atenção em suas redes sociais após postar um vídeo no qual, tranquilamente, ele passa com sua bicicleta por meio de diversos jacarés.  

No rápido registro, embalado pela música “Rei do Gado”, interpretada por Nil Fernandes, Bessa ainda escreveu a seguinte legenda: “Que possamos viver em perfeita harmonia e respeito uns com os outros”. Até o momento da publicação deste texto, o vídeo já tinha sido reproduzido 15.950 vezes, com 1.372 curtidas e 378 comentários no Instagram - em dois dias. 

Em entrevista ao IG , o artista explicou que tem o costume de pedalar todos os dias. Morador da cidade de Poconé (MT) há 22 anos, Bessa gravou o vídeo no último domingo (25), durante um de seus passeios pela Rodovia Transpantaneira.


De acordo com ele, a ideia foi simplesmente passar uma mensagem de respeito aos animais. “Um pouco antes, vi um motorista atropelando um passarinho. Tentei salvá-lo, mas já estava na angústia da morte. Mais adiante, vi esta aglomeração de jacarés. O Pantanal está secando e eles estão procurando locais com um pouco de água. Quis mostrar que é preciso respeitar os bichos. Então, surgiu a ideia de fazer o vídeo”. 

Você viu?


Bessa ainda destacou que, em nenhum momento, quis assustá-los. “Dá para perceber que pedalo devagar, enquanto passo entre eles. Alguns, inclusive, nem se moveram”, explicou. 


“Não tive medo”


O artista afirmou que não sentiu medo, pois está acostumado com este contato com os animais na natureza. “Passo por eles nos meus trajetos diariamente. Vejo pássaros, jacarés, lobos-guará, capivaras, onças e outros”, disse. “Fui criado em fazenda, vendo bichos desde a infância.  Meus vídeos mostram bem esta minha rotina”. 


Bessa também fez questão de frisar que os animais selvagens, na verdade, temem os humanos. “Eles só atacam se forem ameaçados. Eles não são monstros. Isso é preciso ser dito. Basta nós respeitarmos o limite e o espaço deles”. 



O artista finalizou dizendo que, por meio dos seus registros, tem ajudado o turismo em Poconé. “Não fiz isso para ter fama e nem aconselho ninguém passar por meio de jacarés, como eu fiz. Para gravar um vídeo desse, é preciso saber o que está fazendo e respeitar os animais”, concluiu.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários