Tamanho do texto

Crimes aconteciam há pelo menos um ano em Salvador

estupro, crime arrow-options
Divulgação
Homem anunciava vagas de emprego na internet

Edson Santos Rocha, de 66 anos, foi preso na última sexta-feira em Salvador suspeito de anunciar vagas de emprego na internet para estuprar mulheres. De acordo com a polícia, o homem que apresentava-se como advogado era, na verdade, contador. O escritório de Edson estava localizado em um edifício empresarial de alto padrão, no bairro Caminho das Árvores. Os crimes eram praticados há pelo menos um ano.  

Leia também: Moro diz que homens agridem mulheres porque se sentem "intimidados"

No momento da prisão, o suspeito estava acompanhado de duas adolescentes de 16 anos. Além disso, uma outra jovem, de 18 anos, estava no escritório. Até o momento foram identificadas cinco vítimas do contador. De acordo com as denúncias, Edson abusava das candidatas - com idades entre 14 e 22 anos - durante entrevistas de emprego . As vagas eram anunciadas em sites especializados na internet. 

De acordo com a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) do bairro de Periperi, as vítimas eram abusadas no próprio escritório de advocacia. Também existem denúncias de de estupro registradas por funcionárias que chegaram a ser contratadas.

As investigações começaram a ser feitas no início deste ano. De acordo com a Deam, um dos fatores que dificultaram a prisão do suspeito foi o fato de que, após a primeira denúncia, o contador teria ameaçado as vítimas para que não colaborassem com as investigações. Assim, Edson Santos será indiciado por estupro, assédio, corrupção de menores e ameaça.