De acordo com Datafolha, Lula é intenção de voto de 48% dos brasileiros
Divulgação/PT
De acordo com Datafolha, Lula é intenção de voto de 48% dos brasileiros

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse nesta sexta-feira que o presidente Jair Bolsonaro (PL) "não dormiu" na última noite, após divulgação da  pesquisa Datafolha, em que o petista lidera com 48% dos votos, contra 27%.

“Vocês viram a pesquisa ontem, vocês viram. Aquilo eu imagino, ô Alckmin, eu imagino que o Bolsonaro não dormiu ontem à noite. Eu imagino que ele falou: que desgraça esse Lula tem?”, disse o presidente em encontro com representantes de movimentos sociais, em São Paulo.

O levantamento divulgado nesta quinta-feira mostra que Lula tem 21 pontos percentuais de vantagem sobre Bolsonaro. O petista ainda tem maior vantagem de 45 pontos percentuais Nordeste e cerca de seis a cada dez votos entre beneficiários do Auxílio Brasil.

No evento desta sexta, que contou com a participação do ex-governador e candidato a vice, Geraldo Alckmin (PSB), Lula também criticou banqueiros e pediu prioridade aos trabalhadores.


“Em vez de ficar discutindo responsabilidade fiscal para garantir dinheiro para banqueiro, temos que discutir responsabilidade social para pagar a dívida que nós temos com o povo trabalhador nesse país”, afirmou o ex-presidente.

Lula também criticou Bolsonaro ao dizer que a inflação e o preço do combustível são de responsabilidade do governo federal. Os dois temas são considerados sensíveis à campanha de reeleição do atual presidente:

“Não adianta o presidente ficar jogando a culpa na Petrobras. na guerra da Ucrânia. O preço do combustível e metade da inflação nesse país é única e exclusivamente da responsabilidade do desgoverno que temos nesse país, que agora quer privatizar tudo o que esse país construiu em nome do povo brasileiro.”

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.  Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários