Prédio do Inep, órgão responsável pelo Enem
Reprodução/Inep
Prédio do Inep, órgão responsável pelo Enem

Depois da exoneração a coordenadora-geral de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira ( Inep ), Sueli Macedo Silveira , integrantes da equipe colocaram os cargos à disposição. Fontes informaram que pelo menos quatro subordinados diretos, que ocupavam cargos comissionados na área, começaram a pedir para deixar o setor.

Segundo fontes, até o momento, quatro pessoas já teriam colocado o cargo à disposição por não concordarem com a saída da pedagoga, muito respeitada no ambiente acadêmico. Servidora de carreira, Silveira estava no setor de avaliação desde 2008 e, oito anos depois, assumiu a coordenação da área. Procurada, ela não quis comentar o caso. A exoneração, determinada pelo ministro da Educação, Milton Ribeiro , foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) nesta quarta-feira.

No lugar dela, assume a médica veterinária Helena Cristina Carneiro Cavalcanti de Albuquerque. Com doutorado e mestrado em Ciências Animais pela Universidade de Brasília (UnB), ela foi coordenadora-geral de Programas Internacionais da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) até 2018. O setor reunia todos os programas de cooperação internacional da fundação.

O pastor e professor tem promovido mudanças na gestão e na atuação do Inep, sobretudo na área que era ocupada por Silveira, responsável por avaliar instituições de ensino superior do Brasil, além de credenciar e reconhecer cursos de graduação. Considerada sensível dentro do instituto, o setor pode trocar a ordem das avaliações e também os avaliadores.



    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários