alunos
Pixabay/Alexandra Koch
Alunos que não entregarem atividades em 2020 poderão ser reprovados

A reabertura das escolas de ensino fundamental e médio da capital paulista, que ocorreu nesta quarta-feira (7) para atividades extra-curriculares, reacendeu o debate sobre a possibilidade de os alunos serem reprovados em 2020. Questionado pela repórter do iG , Eduarda Esteves, o secretário estadual de educação, Rossieli Soares, assumiu que possibilidade existe.

Rossieli, porém, reforça que as regras para aprovação dos alunos funcionam de maneira adaptanada neste ano letivo. "Os estudantes que não entregarem nenhum tipo de atividade poderão ser retidos este ano, mas claro que estamos trabalhando com prazos maiores, negociações e um volume muito menor de estudantes propensos a reprovar", afirmou o secretário.

Na terça-feira (6) o secretário afirmou que a rede estadual de ensino irá trabalhar o ano letivo de 2020 e 2021 como um único ciclo de ensino . Na coletiva de imprensa desta tarde, Rossieli acrescentou que a avaliação dos dois ciclos serão feitas no ano que vem.

    Veja Também

      Mostrar mais