sala de aula
Pixabay/Alexandra Koch
Escolas poderão reabrir em São Paulo

A partir desta quarta-feira (7), as escolas públicas e particulares da capital paulista estão autorizadas a reabrir para atividades extracurriculares e de reforço, com turmas reduzidas. As escolas estão fechadas há mais de seis meses.

De acordo com a secretaria de educação do estado de São Paulo, o retorno presencial ao ambiente escolar é motivado por muitos fatores, entre os quais a saúde mental dos alunos que seguem afastados do convívio social com colegas e professores. Nesta fase, o governo encara a reabertura como um momento de testes.

Apesar da reabertura, cerca de 20% das escolas particulares devem continuar fechadas, de acordo com informações do Sieeesp (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo). De acordo com o sindicato, o medo de contaminação é o principal motivo.

Todos os centros de ensino devem seguir protocolos de segurança e distanciamento social, com reforço na limpeza dos espaços, turmas reduzidas e uso obrigatório de máscaras durante todo o tempo. Na rede municipal, onde o retorno também é facultativo, apenas uma das 4 mil escolas optou pela retomada nesta quarta-feira.

    Veja Também

      Mostrar mais