Enem
Toffetti / A7 Press / Agência O Globo
Mesmo com pedidos, datas do Enem estão mantidas.

O ministro Gurgel de Faria, do Superior Tribunal de Justiça ( STJ ), negou o pedido feito por entidades estudantis para que a edição 2020 do Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) seja adiada. A ação foi protocolada na última segunda-feira (11) pela União Nacional dos Estudantes (UNE) e pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes). 

Leia também: Bolsonaro garante enem esse ano: 'Se for o caso, atrasa um pouco'

O conteúdo da decisão tomada pelo ministro ainda não está aberto para consulta. A rejeição do pedido foi feita liminarmente, permitindo que as entidades recorram da decisão. 

No pedido realizado na última segunda, as entidades alegam que, por conta da pandemia, milhares de estudantes estão tendo o ensino prejudicado, o que aumentaria a desigualdade na aplicação do exame, que está marcado para novembro. 

    Leia tudo sobre: enem

    Veja Também

      Mostrar mais