Estudante em frente ao computador olhando lista do Prouni arrow-options
Divulgação
Estudantes não serão prejudicados por paralisações

O Ministério da Educação anunciou nesta quinta-feira (16) que vai lançar um novo edital do Programa Universidade para Todos ( Prouni ) com novos prazos. O órgão justificou que novas datas são necessárias em função das paralisações decorrentes da pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Leia também: Em meio a quarentena, universidades adotam vestibular digital

De acordo com o ministério, alteração visa não prejudicar candidatos que estão na lista de espera ou que ainda não puderam confirmar informações junto às instituições de ensino superior , uma vez que no último mês muitas atividades foram suspensas em diversos estados e municípios.

“Passamos por um momento inédito no país. Gostaríamos de tranquilizar os estudantes. Assim que tudo se normalizar, o MEC dará o prazo que for necessário para concluir essa etapa. Quem preencher os requisitos será contemplado com a bolsa de estudos e fazer seu tão sonhado curso superior”, afirmou o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

Anteriormente o ministério já havia suspendido o período da lista de espera do programa por tempo indeterminado. 

Leia também: Capes cria mais 850 bolsas para pesquisas em pandemias

Os prazos da lista de espera e de comprovação de dados do Fies , programa de  financiamento estudantil do governo federal, também estão suspensos pelo mesmo motivo do Prouni. Segundo ministério, nenhum estudante será prejudicado e novas datas serão anunciadas após a normalização das atividades pelo País.

    Veja Também

      Mostrar mais