Alunos em São Paulo têm nova grade e passam mais tempo em aula
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
Alunos em São Paulo têm nova grade e passam mais tempo em aula

Os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio do Estado de São Paulo contam, em 2020, com novidades na carga horária e nas ofertas de disciplinas . A grade, que entrou em vigor esse ano, possui uma aula a mais e um aumento de 15 minutos por dia, além de atividade "projeto vida", que ocorre duas vezes por semana e mais duas aulas eletivas e uma de tecnologia.

Com as mudanças, os alunos passaram a ter sete aulas diárias de 45 minutos cada uma, ao invés de seis, como era até o ano passado. Dessa forma, estudantes do período matutino passam a sair da escola às 12h35 – não mais às 12h20. No período vespertino, a saída passa a ser às 18h35 e não às 18h20.

Veja também: Estudantes e professores do Mercosul têm visto gratuito para países do bloco 

O "cardápio" das matérias eletivas abrange temas como empreendedorismo, ética e cidadania, olimpíadas de conhecimento, teatro, comunicação não violenta e mediação de conflitos, entre outros. Já no "projeto vida", os estudantes fazem atividades para definirem seus objetivos, planejarem seus rumos futuros e se organizarem para chegar onde querem. As atividades abrangem ética e cidadania projetos na comunidade, mundo do trabalho, vida acadêmica etc.

Já a disciplina de Tecnologia pretende trabalhar o pensamento computacional, a cidadania digital, a cultura digital e o uso de diferentes mídias e tecnologias, com o objetivo de usar a tecnologia como ferramenta para comunicação, criação de projetos e soluções.

Leia mais: Alunos das escolas estaduais de São Paulo serão instruídos sobre o coronavírus 

Espera-se que as mudanças implantadas se reflitam em melhorias na aprendizagem dos alunos, reduza a evasão escolar, a violência e o bullying, além de fortalecer o vínculo professor-aluno.

    Veja Também

      Mostrar mais