Fies
Marcello Casal JR/ABr
Nova regra para mudança de curso envolve pontuação no Enem

O Ministério da Educação ( MEC ) estabeleceu novas regras para pedidos de transferência de cursos no âmbito do Fundo de Financiamento Estudantil ( Fies ), programa do governo que permite aos estudantes de faculdades particulares quitarem as mensalidades dos seus cursos depois da formatura.

Leia também: Quem é formado pode emitir o Diploma Digital? Tire suas dúvidas sobre a novidade

A partir do segundo semestre deste ano, aluno inscrito no Fies que quiser trocar a carreira escolhida só terá seu pedido aceito caso sua nota no Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) seja igual ou superior à nota dos pré-selecionados pelo programa para o curso pleiteado.

De  acordo com o MEC ,  o objetivo da mudança nas regras é combater uma irregularidade que tem se repetido: a prática de entrar na faculdade por um curso menos concorrido (que exige uma nota mais baixa) e depois pedir transferência para um curso mais disputado, usando o mesmo resultado obtido no Enem.

O MEC informou que recebeu do Ministério Público Federal (MPF) uma argumentação favorável á mudança nas regras, visando "favorecer a meritocracia". A Ministério também já vinha discutindo o assunto internamente, no Comitê Gestor do Fies (CG- Fies ).

Leia também: Único candidato de concurso, Weintraub foi avaliado como “confuso” e “vago”

    Leia tudo sobre: Enem Fies

    Veja Também

      Mostrar mais