Tamanho do texto

Segundo o fotojornalista Lula Marques, manifestação estava próxima do fim quando policial passou de moto jogando gás de pimenta em sua direção

Policial joga gás de pimenta em fotojornalista
Reprodução
Momento em que um policial joga gás de pimenta em fotojornalista

Durante o segundo ato contra os cortes de verba para as universidades federais , na tarde desta quinta-feira (30), em Brasília, um policial militar jogou gás de pimenta em estudantes e também no fotojornalista Lula Marques, que registrou o momento em sequência de fotos.

"PMDF joga gás de pimenta, em atitude covarde, nos estudantes em Brasília. A manifestação caminhava para o final e sem problemas e um PM passou jogando gás de pimenta para
provocar. Dessa vez o PM covarde e moleque jogou na minha cara", afirmou o fotojornalista em sua conta no Twitter.

Estudante preso em Brasília

Mais cedo, um  manifestante foi preso por usar uma camisa para cobrir o rosto durante o ato, o que não é permitido. De acordo com a rádio CBN, a manifestação ficou tensa após a
prisão.

Uma outra manifestante que também cobria a face foi agredida por policiais e chegou a fazer um boletim de ocorrência. Os estudantes se concentraram na esplanada dos ministérios
desde às 10h desta quinta.

Os organizadores do evento estimam que 10 mil pessoas compareceram à manifestação onde estava o fotojornalista , enquanto a Polícia Militar estimou em 1500 manifestantes.

Assista ao momento em que fotojornalista é atingido por gás de pimenta