Tamanho do texto

Inscrições no programa terão início no dia 26 de junho; alunos brasileiros podem acessar site oficial e tentar bolsa de estudo parcial ou integral

ProUni referente ao segundo semestre deste ano vai oferecer um total de 174.289 vagas
USP Imagens
ProUni referente ao segundo semestre deste ano vai oferecer um total de 174.289 vagas

O Programa Universidade para Todos (ProUni) oferecerá 174 mil vagas para estudantes que desejam concorrer a bolsas de estudo no ensino superior no segundo semestre deste ano. As inscrições irão abrir no dia 26 de junho e se encerrarão no dia 29 do mesmo mês.

Leia também: Global Teacher Prize dá US$ 1 milhão para melhor professor do ano

Segundo informações do Ministério da Educação (MEC), o ProUni referente ao segundo semestre deste ano vai oferecer um total de 174.289 vagas, sendo 105.405 bolsas parciais e 68.884 integrais. As bolsas de estudo contemplam 1,4 mil instituições de ensino superior privadas em todo o País.

A inscrição deve ser feita na página oficial do programa. Vale destacar que, para se inscrever, o aluno deverá ter realizado o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, e tirado ao menos 450 pontos – e não pode ter tirado nota zero na redação. 

Também são requisitos para a participação no programa: ser aluno brasileiro sem curso superior e que tenha cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede provada. Para aqueles estudantes que estudaram parte do ensino médio em escola particular e outra parte em escola pública, o programa também dispõe bolsas. Pessoas com deficiência física e professores da rede pública também podem solicitar bolsas no programa, segundo as regras. 

Candidatos podem acessar o edital do programa, publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (18), para mais informações. 

As bolsas integrais serão disponibilizadas apenas aos candidatos que tiverem renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. Já as parciais – de 50% - serão destinadas aos alunos cuja renda da família é de até três salários mínimos. No caso desses estudantes, caso seja necessário complementar a bolsa parcial, é possível pedir o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do ProUni na internet, a partir do dia 2 de julho para a primeira chamada, e 16 de julho para a segunda.

O que é o ProUni

O Programa Universidade para Todos tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica do ensino superior privado. Foi criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, em 13 de janeiro de 2005, o programa também oferece a isenção de tributos às instituições de ensino participantes. 

Leia também: MEC divulga o resultado do Sisu do segundo semestre

Somado ao Fies, ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), à Universidade Aberta do Brasil (UAB) e à expansão da rede federal de educação profissional e tecnológica, amplia significativamente o número de vagas na educação superior, contribuindo para um maior acesso dos jovens à educação superior. O Prouni atendeu, desde sua criação até o processo seletivo do segundo semestre de 2016, mais de 1,9 milhão de estudantes, sendo 70% com bolsas integrais.

    Leia tudo sobre: Fies
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.