Estudantes selecionados na lista de espera do Prouni devem comparecer à instituição de ensino entre quarta e quinta-feira
Marcos Santos/USP Imagens
Estudantes selecionados na lista de espera do Prouni devem comparecer à instituição de ensino entre quarta e quinta-feira

Termina às 23h59 desta segunda-feira (19) o prazo para os estudantes que não foram pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) manifestarem interesse em uma das vagas remanescentes. As  inscrições na lista de espera da primeira edição do programa em 2018 devem ser realizadas pelo site oficial do processo seletivo, neste link .

A lista de espera do  Prouni  vai municiar as instituições de ensino superior para preencher as vagas não ocupadas. A relação de candidaturas ficará disponível já a partir de terça-feira (20) e os selecionados deverão comparecer às respectivas instituições escolhidas entre a quarta (21) e quinta-feira (22) para apresentar a documentação necessária para comprovar as informações prestadas durante o ato de inscrição.

Esta primeira edição do programa no ano oferece um total de 243 mil bolsas de estudo, das quais 113 mil são integrais e 129 mil, parciais. As integrais foram criadas para estudantes com renda per capita de até 1,5 salários mínimos, enquanto as bolsas parciais se destinam àqueles com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa.

Leia também: De brinquedos a exemplos: como abordar a igualdade de gênero dentro das escolas

Você viu?

O programa

Lançado pelo governo federal em 2004, o Programa Universidade para Todos oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em cursos de graduação de instituições privadas de educação superior.

O programa é destinado aos estudantes brasileiros que ainda não possuem diploma de curso superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano anterior e obtido nota superior a 450 pontos, além de redação pontuada acima de zero.

Outra exigência do Ministério da Educação para oferecer a bolsa de estudo é que o aluno tenha cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em uma instituição da rede particular na condição de bolsista integral do próprio colégio.

Também estão aptos a participar do Prouni alunos com necessidades especiais e professores efetivos da educação básica da rede pública de ensino (nesse caso, não é necessário comprovar renda).

Leia também: Universidades públicas do Rio vão submeter candidatos cotistas a comissões

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários