Tamanho do texto

Interessados poderão escolher entre alemão, espanhol, francês, italiano, japonês e português para estrangeiros; inscrições acabam em 31 de agosto

MEC oferece vagas em cursos de alemão, espanhol, francês, italiano, japonês e português como língua estrangeira
shutterstock
MEC oferece vagas em cursos de alemão, espanhol, francês, italiano, japonês e português como língua estrangeira

O MEC (Ministério da Educação) abriu nesta terça-feira (22) o edital com o cronograma do processo seletivo para os cursos presenciais do programa Idiomas sem Fronteiras (IsF). Nesta edição, serão ofertadas vagas para os cursos de alemão, espanhol, francês, italiano, japonês e de português como língua estrangeira.

Leia também: USP abre inscrições para cursos gratuitos de idiomas

As aulas serão ofertadas pelos Núcleos de Línguas (NucLi-IsF) das universidades federais credenciadas pelo MEC . Os cursos variam de 16 a 48 horas, e as vagas são ofertadas a estudantes, docentes e técnicos administrativos das universidades federais cadastradas como Núcleo de Línguas e que ofertam os idiomas relacionados.

Serão feitas três ofertas de vagas. O prazo de inscrição da primeira oferta começa hoje e termina no dia 31 de agosto. O início dos cursos para os selecionados nesta chamada será no dia 18 de setembro.

Já para a segunda oferta, as inscrições começam no dia 26 de setembro e terminam no dia 5 de outubro. As aulas terão início no dia 23 do mesmo mês. Já a terceira oferta de vagas abre o processo seletivo no dia 1º de novembro e encerra no dia 10. Os cursos terão início no dia 27 de novembro.

Leia também: USP oferece acesso gratuito a aulas virtuais de professores da universidade

Cada universidade realizará reuniões de orientação antes do início das aulas para confirmar a matrícula e o nivelamento dos alunos. O candidato selecionado que não participar da reunião estará automaticamente desclassificado para a realização das aulas.

Prouni

Terminam nesta sexta-feira (25) as inscrições para as vagas remanescentes do Prouni (Programa Universidade para Todos) para os candidatos que não estiverem matriculados em instituição de educação superior. No total, são oferecidas 77 mil bolsas remanescentes das 147,4 mil ofertadas na chamada regular referente ao segundo semestre deste ano.

Podem se inscrever para as vagas remanescentes aqueles que participaram do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) a partir da edição de 2010 e obtiveram nota média igual ou superior a 450 pontos e superior a zero na redação.

Leia também: Estudantes da USP criam aplicativo para auxiliar em estudos pré-vestibular

O Prouni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em faculdades privadas, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. O MEC informa que, para concorrer à bolsa integral, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. Para a bolsa parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.