Tamanho do texto

Unidades que aplicarão o exame devem ser indicadas pelos órgãos de administração prisional e socioeducativa, com termo de adesão com Inep

Pessoas privadas de liberdade e os jovens que cumprem medida socioeducativa terão a oportunidade de fazer o Encceja
shutterstock
Pessoas privadas de liberdade e os jovens que cumprem medida socioeducativa terão a oportunidade de fazer o Encceja

As pessoas privadas de liberdade e os jovens que cumprem medida socioeducativa terão a oportunidade de fazer o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) nos dias 24 e 25 de outubro. De acordo com o edital publicado nesta terça-feira (15) no Diário Oficial da União, as provas serão aplicadas nas unidades prisionais e socioeducativas indicadas pelos órgãos competentes.

O Encceja é direcionado a jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir os estudos na idade ideal . É necessário ter, no mínimo, 15 anos de idade para quem busca a certificação do ensino fundamental, e 18 anos para a do ensino médio.

As unidades interessadas em aplicar o exame deverão ser indicadas pelos órgãos de administração prisional e socioeducativa e firmar termo de adesão com o Inep entre 22 de agosto e 1º de setembro. As inscrições dos participantes deverão ser feitas pelos responsáveis pedagógicos indicados em cada unidade prisional e socioeducativa, entre 28 de agosto e 8 de setembro.

O exame será dividido em quatro provas objetivas, com 30 questões de múltipla escolha por nível de ensino e uma redação. Atualmente, não é mais permitido o uso do Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem ) como certificação do ensino médio, como era possível até o ano passado.

Leia também: Prazo para renovar contratos do Fies começa nesta segunda-feira

Melhor avaliação

Para a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, o exame é o instrumento mais adequado para avaliar as pessoas que não tiveram oportunidade de concluir os estudos em idade apropriada. Segundo Maria Inês, menos de 10% dos estudantes que realizam o Enem com o objetivo de certificação conseguem o diploma do ensino médio.

O Inep também informou que, até o momento, 6,73 milhões de inscrições foram confirmadas para o Exame Nacional do Ensino Médio de 2017, que será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. O número ainda pode aumentar, porque novas inscrições podem ser confirmadas por decisão judicial.

O Enem teve 8,6 milhões de pessoas inscritas, no ano passado. De acordo com o Inep, a diferença pode ser explicada pelo número de estudantes que deixarão de fazer o exame este ano para obter a certificação do ensino médio.

Leia também: Alunos de colégios federais protestam contra corte no passe livre no Rio

Inscrições abertas

Os interessados em participar da edição regular do Encceja têm até o dia 18 de agosto para se inscrever. Gratuitamente, os candidatos podem se cadastrar por meio do portal Inep . As provas serão aplicadas em 22 de outubro.