Tamanho do texto

Selecionados devem comparecer às instituições de ensino nos dias 17 e 18; 2ª edição do programa no ano oferece mais de 147 mil bolsas de estudo

Candidatos selecionados no ProUni do segundo semestre terão entre os dias 17 e 18 deste mês para confirmar matrícula
Isabelle Araújo/MEC
Candidatos selecionados no ProUni do segundo semestre terão entre os dias 17 e 18 deste mês para confirmar matrícula

Os estudantes interessados em participar da lista de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni)  têm até esta segunda-feira (10) para se manifestar. Esse é o primeiro passo para obter o direito a uma das 147 mil bolsa de estudos oferecidas pelo Ministério da Educação neste ano em instituições privadas de ensino superior.

Os candidatos selecionados na segunda chamada deverão comparecer às instituições de ensino nos dias 17 e 18 deste mês para entregar a documentação que comprove as informações prestadas durante a inscrição no ProUni .

Os horários e o local de comparecimento e a consulta aos resultados estão disponíveis na página do programa na internet, neste link , na central de atendimento, pelo telefone 0800-616161, e nas instituições educacionais participantes do programa.

O ProUni oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de graduação. Podem participar egressos do ensino médio da rede pública ou particular, além de estudantes com deficiência e professores servidores.

Leia também: Começam hoje as matrículas dos aprovados na 1ª chamada do vestibulinho das Etecs

O programa

ProUni é um programa do  Ministério da Educação  que oferece bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros sem diploma de nível superior.

Podem se candidatar nas vagas oferecidas pelo programa os estudantes que se formaram no ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola. Também estão aptos a participar do programa alunos com necessidades especiais e professores efetivos da educação básica da rede pública de ensino (nesse caso, não é necessário comprovar renda).

Para concorrer às bolsas integrais do ProUni, o candidato deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Leia também: Inscrições para novas vagas do Fies do 2º semestre serão abertas em 25 de julho

*Com informações da Agência Brasil

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.