Tamanho do texto

Estudantes podem concorrer a bolsas parciais ou integrais em instituições privadas de ensino superior; prazo para se candidatar termina dia 9 de junho

Para o segundo semestre deste ano, o ProUni vai oferecer 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação
MEC/Reprodução
Para o segundo semestre deste ano, o ProUni vai oferecer 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação

As inscrições para as bolsas oferecidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) começaram nesta terça-feira (6). Segundo o Ministério da Educação, até as 11h, quase 72 mil estudantes já haviam se inscrito no sistema. Como cada candidato pode selecionar até duas opções de curso, o programa já registra 137.761 inscrições.  

Para o segundo semestre deste ano, o ProUni vai oferecer 147.492 bolsas em 1.076 instituições privadas de educação superior. O prazo para se inscrever ficará aberto até esta sexta-feira (9) , apenas por meio da internet. Do total de bolsas oferecidas, 67.603 são integrais e 79.889, parciais.

Para concorrer a uma bolsa do programa, o estudante deve ser brasileiro, ter feito o Enem 2016 – obtido mínimo de 450 pontos na média de notas do exame e não ter zerado a redação. Os candidatos que pleitearem bolsas integrais devem ter renda familiar bruta mensal per capita de, no máximo, um salário mínimo e meio. No caso da bolsa parcial, a renda familiar não pode três salários mínimos.

Leia também: Olimpíada de Matemática começa hoje e alunos 'tiram dez' nos memes; confira

É necessário, ainda, que o participante tenha concluído o ensino médio na rede pública ou na rede particular com bolsa integral. Pessoas que já possuem diplomas de curso superior não podem participar. Há ainda vagas destinadas a pessoas com deficiência e a professores da rede pública de educação básica. No caso dos professores, a concorrência é restrita aos cursos de licenciatura, e não há necessidade de cumprir o requisito da renda.

Cronograma 

O resultado da primeira chamada será divulgado no próximo dia 12 e os aprovados têm até o dia 19 de junho para levar a documentação requerida na instituição em que foi selecionado para comprovar as informações prestadas no ato da inscrição.

O resultado da segunda chamada está previsto para o dia 26 de junho, com prazo de 26 a 30 de junho para os estudantes comprovarem as informações.

Leia também: Universidades brasileiras participam de competição de foguetes nos EUA

Aqueles que não forem selecionados na primeira e segunda chamadas do ProUni poderão participar da lista de espera, entre os dias 7 e 10 de julho. Os selecionados nesta etapa deverão levar a documentação nas instituições nos dias 17 e 18 de junho. Todos os cursos terão início no segundo semestre deste ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.