Aline Macedo
Reprodução
Aline Macedo

Após a explosão de um veículo movido a Gás Natural Veicular (GNV) na Zona Norte do Rio, o presidente da Comissão Transportes da Alerj, Dionísio Lins (Progressistas), fez recomendações acerca da utilização desse tipo de combustível.

O deputado reitera ser muito importante que a empresa e os equipamentos instalados no veículo tenham certificação do Inmetro. Além disso, chama atenção para a manutenção do cilindro de gás, que deve ser retestado a cada cinco anos, ou em caso de qualquer acidente. Para realizar a vistoria anual do veículo, ele ainda pondera que é necessário procurar um Organismo de Inspeção (OI).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários