Podas valorizam outdoors, mas não as árvores, chamam atenção de ambientalistas
Reprodução
Podas valorizam outdoors, mas não as árvores, chamam atenção de ambientalistas

Há alguns meses, moradores da Zona Sul do  Rio — incluindo bairros como Catete, Gávea, Ipanema e Leblon — têm observado folhas e galhos de menos nas árvores. Curiosamente, as podas acontecem em locais próximos a outdoors. Em Ipanema, um caso foi bem descarado: grande parte de uma árvore foi cortada apenas de um lado — justamente o que atrapalhava os motoristas na hora de enxergar o espaço publicitário.

"É um absurdo. Isso coloca uma árvore em risco de cair, e tira todo o potencial de saúde e ambiental do espécime por uma questão financeira", diz o líder do Movimento Reflorestamento Urbano da Zona Sul, José dos Guimaraens. Vale lembrar que as tesouradas tem regulamentação própria, a Resolução n° 613/2016, da Secretaria municipal de Meio Ambiente. Segundo a Fundação Parques e Jardins, "em caso de podas, a redução deve ser no máximo 25% do volume da copa de forma equilibrada".

A Secretaria de Meio Ambiente já aplicou 60 autuações em 2021, com valores que chegam a R$ 200 mil. E as sanções, que podem chegar a R$ 5 mil, podem ser aplicadas não só a pessoas jurídicas como a pessoas físicas também. A SMAC pede que os casos de podas drásticas ou supressões sem autorização sejam denunciados pelo 1746.

Grajaú Seguro: roubo zero no mês

O bairro do Grajaú, frequentemente chamado de pacato, está merecendo o título: em outubro, não foi registrado nenhum tipo de roubo ou furto no horário e área de atuação da Operação Grajaú/Vila Isabel Presente. Fecharam o mês zeradas todas as ocorrências como roubo de celular, de veículo, estabelecimento comercial e pedestre. O programa completa dois anos na área no próximo dia 20 e, nesse meio tempo, já prendeu mais de 500 suspeitos.

Climão na Zona Sul

A relação entre a subprefeitura da Zona Sul e as associações de moradores já viu dias melhores. Na reunião do Conselho de Segurança de Botafogo, o microfone chegou a ser usado para reclamar que demandas ficam sem retorno.

Ronda Maria da Penha na rua

Em oito meses, a Ronda Maria da Penha da GM alcançou 3.659 acolhimentos, 596 vítimas de violência doméstica assistidas e 16 prisões. A marca vem no mês do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher.

Leia Também


Picadinho

"Doidos de Pedra, o Paraíso Ameaçado", documentário sobre Pedra de Guaratiba, terá sessão na Arena Chacrinha, no próximo dia 10. A entrada é 1 kg de alimento não perecível.

O Grupo MGTT de Madureira vai distribuir alimentos para moradores de rua, no Natal sem Fome, no dia 19 de dezembro.

Thiago Picchi lança seu novo livro de contos, "Pescoço", na terça-feira, na Travessa de Botafogo, a partir das 19h.

A Banda Sinfônica do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro se apresenta hoje a céu aberto, no Monumento a Estácio de Sá, das 17h às 18h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários