Rocal, William Siri, Mônica Benício e Rosa Fernandes querem o retorno da Deam de Campo Grande
Reprodução
Rocal, William Siri, Mônica Benício e Rosa Fernandes querem o retorno da Deam de Campo Grande

Um grupo um tanto heterogêneo de vereadores se uniu para pressionar o governo do estado a reativar a  Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio. Está fechada há seis anos a unidade que atendia o bairro — um dos campeões de registros de violência doméstica segundo Dossiê-Mulher 2021, no triste pódio junto com Cidade de Deus, e Austin, em Nova Iguaçu. Atualmente, todo o efetivo está lotado na 43ª DP, de Pedra de Guaratiba.

A comissão especial da Câmara é formada pelos moradores de Campo Grande Rocal (PSD) e William Siri (PSOL) — que, inclusive, já fizeram uma dobradinha anterior para reabrir o hospital estadual Eduardo Rabello, referência para idosos, também localizado no bairro. Ao lado dos rapazes, estão três mulheres boas de briga: Rosa Fernandes (PSC), Mônica Benício (PSOL) e Verônica Costa (DEM).

Dono da pauta do transporte alternativo

Representantes do Serviço de Transporte de Passageiro Complementar Comunitário (STPC) — os famosos cabritinhos, que atuam em áreas onde os ônibus não circulam — foram a Botafogo para uma reunião com a secretária de Transportes Maína Celidonio. O pessoal queria levar demandas da categoria, mas voltaram para casa frustrados: ouviram que, primeiro, deveriam procurar o vereador Márcio Ribeiro (Avante). O parlamentar seria o único interlocutor apto a resolver as questões do transporte alternativo.

Em nota, a secretária de Transportes, Maína Celidonio, afirma que os representantes do Serviço de Transporte de Passageiros Complementar Comunitário (STPC) foram recebidos diversas vezes ao longo do ano no Gabinete da SMTR e que está sempre à disposição para ouvir as demandas da categoria, como também as reivindicações de qualquer outro modal. Maína ainda ressalta que o responsável pela fiscalização da atividade é o Poder Executivo e que não delegou a membros do Poder Legislativo suas competências.

Já Márcio Ribeiro afirma ser "um dos maiores defensores da pauta do transporte complementar", mantendo as portas do gabinete "abertas à disposição da população, afinal, esse é o trabalho de um vereador, ouvir e encaminhar reivindicações, sugestões e reclamações aos órgãos competentes, mas nunca com uma única pessoa ou um único secretário, até porque são gestores ocupados com questões importantes para que a nossa cidade volte a funcionar, como está acontecendo".

Ânimos para lá de exaltados

A audiência sobre o projeto para municipalizar a APA de Tamoios, no Sul Fluminense, pegou fogo ontem na Alerj. O prefeito de Angra, Fernando Jordão, foi à capital para defender a proposta apresentada pela mulher, Célia. Mas enfrentou galerias lotadas — e hostis. Além dos indígenas, quilombolas e ambientalistas, ele angariou a antipatia de Gustavo Schmidt, ao discursar sem parar: "o senhor não respeita o tempo e vou liberar a vaia", ameaçou o deputado.

Vale-transporte para ex-presidiários

O secretário de Transportes, André Nahass, se reuniu com o presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Henrique Figueira, e com o 3º vice-presidente, Marcos Basílio para discutir um assunto caro ao trio: a criação de um cartão social para egressos do sistema penitenciário. Uma média de 3,6 mil pessoas saem das cadeias a cada mês — e muitas não têm dinheiro sequer para voltar para casa.

Batendo o pé contra o leilão

Em entrevista ao Estúdio B, o prefeito de Itaguaí, Doutor Rubão, mostrou que continua descontente com o edital de concessão da Cedae. A cidade é única que ainda tenta impedir na Justiça o leilão, programado para o dia 29.

Coincidências existem?

O Rio de Janeiro é agora cidade-irmã de uma das capitais da África do Sul, Joanesburgo. E não é que, curiosamente, a lei dias foi sancionada dias depois da retirada da indicação de Marcelo Crivella para embaixador daquele país?


Picadinho

Pai Márcio de Jagun vai lançar dois livros de uma vez, incluindo sua primeira incursão no universo infantil. A festa é no dia 14, no Didas Bar, na Praça da Bandeira, às 19h.

Marcelo Calero se tornou um imortal da Academia Brasileira de Cultura. Ele ocupa a cadeira Oscar Niemeyer.

Gilberto Gil é o grande homenageado do Prêmio Band Inspira Rio, que acontece terça, dia 7, no Teatro Copacabana Palace.

No Dia do Samba, a Alerj entrou no embalo e aprovou a concessão da Medalha Tiradentes para Xande de Pilares, proposta por Giovani Ratinho. Os presentes até cantaram.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários