Os pratos na balança de Castro, com a chegada de Bolsonaro ao PL
Reprodução
Os pratos na balança de Castro, com a chegada de Bolsonaro ao PL

Embora a chegada da  família Bolsonaro ao PL seja motivo de festa no partido, o movimento pode embaralhar as peças cuidadosamente encaixadas por Cláudio Castro na construção de sua candidatura a um novo mandato. Vice em uma chapa de direita, desde sua ascensão ao poder, o governador levou o Palácio Guanabara em direção ao centro. Além da própria legenda, fazem parte de seu primeiro escalão filiados a legendas com presidenciáveis próprios.

Estão no secretariado o PDT de Ciro Gomes, com Thiago Pampolha; o MDB de Simone Tebet, com Vinícius Farah e Gustavo Tutuca; o PSDB de Eduardo Leite e João Doria, com Max Lemos; e o Podemos de Sérgio Moro, com Patrique Welber. Isso sem contar a influência do presidente da Assembleia Legislativa, André Ceciliano (PT). Por enquanto, o momento é de espera — até porque o jogo está longe de começar. Mas não há dúvidas de que o delicado equilíbrio tem hora para acabar. A questão é o quando.


Música no "Fantástico" e tapete vermelho

No partido de Valdemar da Costa Neto, tem gente dizendo que vai pedir música no "Fantástico". Já são dois senadores fluminenses nos quadros da legenda, Carlos Portinho e Romário — e a tendência é que o Zero Um, Flávio Bolsonaro, também se junte ao PL. A caneta do diretório continua com Altineu Côrtes, mas o clã presidencial, obviamente, tem tapete vermelho. Com as portas abertas à tropa de choque bolsonarista, o pessoal aposta que vai conquistar até 50% mais cadeiras nos parlamentos federal e estadual.

Histórias na Avenida

A Portela foi indicada, pela primeira vez, ao Troféu Baobá, o "Oscar dos contadores de história do Brasil". A indicação é devida ao enredo para 2022, "Igi Osè Baobá", que retrata a simbologia e a história das "árvores da vida".

Desfile garantido para Noca

Não vão ser as pernas enfraquecidas por mais de um ano em casa que vão impedir Noca de desfilar na Portela em 2022. O deputado Dionísio Lins (PP) prometeu levar uma cadeira de rodas ao baluarte do samba ainda nesta semana.

Leia Também


Picadinho

A programação da Semana do Hip Hop, puxada pelo mandato da deputada Dani Monteiro, chega hoje à roda da Central do Brasil. O show de MC Tio Phil começa às 19h.

Jorge Aragão recebe amanhã, às 18h, a Medalha Pedro Ernesto. Também será comemorado o Mês da Consciência Negra.

Amanhã tem Dia do Cinema e do Audiovisual, na Estácio Tom Jobim, na Barra, com oficinas gratuitas e abertas ao público.

Termina hoje o 31° Festival Internacional de Curtas do Rio de Janeiro. O evento é híbrido, com sessões em exibição na Estação Net Botafogo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários