Wagner Victer
Tânia Rêgo/Agência Brasil
Wagner Victer


Um dos signatários de uma carta de alerta ao então presidente Fernando Henrique em 1999 sobre a crise energética, e ex-membro do Conselho Nacional de Política Energética, o engenheiro Wagner Victer tem repetido a gestores públicos e à bancada federal do Rio de Janeiro um recado para chegar ao presidente Jair Bolsonaro: o Brasil precisa retomar este ano o Horário de Verão.

“Historicamente o ‘Horário’ traz uma redução de consumo que vai de 0,6% a 0,8% e uma redução da demanda no horário de pico da ordem de 4% a 4,5%; Qualquer economia daqui para frente será importante, especialmente nos horários de ponta, para enfrentar a grande crise hídrica”.


O Brasil depende muito da matriz hidrelétrica, sofre com a seca há meses, e reservatórios estão bem abaixo do limite. “Não há como prescindir dessa ferramenta nesse momento gravíssimo”, argumenta o engenheiro.

Victer foi secretário de Energia e Petróleo do Estado do Rio de Janeiro no fim dos anos 90 e, à época, compôs o comitê gestor de combate à crise de energia no País.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários