Tamanho do texto

Equipada com fivelas ajustáveis e sola de borracha super-resistente, sandália pode ter até cinco tamanhos e tem durabilidade de até cinco anos; saiba mais

A invenção ecológica de Lee já voou e está nas ruas do Quênia, de Gana, da Nicarágua e da Guatemala
Reprodução/Bored Panda - 15.02.2017
A invenção ecológica de Lee já voou e está nas ruas do Quênia, de Gana, da Nicarágua e da Guatemala

Como todo pai e mãe estão cansados de saber, os pés das crianças parecem crescer mais rápido do que conseguimos acreditar. Como num passe de mágica, aquele tênis “bacanudo”, que o pequeno pediu tanto para comprar, pode ficar obsoleto em questão de semanas. Porém, a criatividade de um norte-americano – inspirado por uma viagem ao Quênia – parece ser uma "luz no fim do túnel" para esta questão.

LEIA MAIS: Óculos revolucionários fazem daltônicos enxergarem todas as cores

Durante os passeios em Nairóbi, a capital do Quênia , Kenton Lee, um norte-americano do estado de Idaho, observou as crianças correndo para lá e para cá com os pés descalços ou usando sapatos apertados. Então, pensou que precisava fazer algo a respeito e, assim, acabou tendo uma ideia brilhante para acabar com o problema: iria criar um sapato que cresce à medida que a criança também espicha. 

Nada mais sustentável! Afinal, os pés das crianças entre dois e seis anos crescem rápido demais. Até mesmo pais com uma boa situação financeira acabam gastando mais do que gostariam com os calçados de seus filhos. Imagine, então, como é o dia a dia de famílias em condições precárias, como em boa parte do continente africano e no Brasil?

Depois de uma viagem a Nairóbi, capital do Quênia, Kenton Lee teve uma ideia brilhante
Reprodução/Bored Panda - 15.02.2017
Depois de uma viagem a Nairóbi, capital do Quênia, Kenton Lee teve uma ideia brilhante

“O processo de criação foi interessante porque não sou um designer”, disse Lee ao site “Bored Panda”. “E eu não sabia nada sobre sapatos. Sou só um cara normal que teve uma boa ideia”, completa.

LEIA MAIS: Alemães misturam yoga com cerveja e criam nova febre

Mas, com a ajuda de uma empresa do estado de Oregon, o inventor chegou ao modelo ideal. Segundo ele, todo o design foi pensado para a funcionalidade do calçado. Apesar de ter gostado do visual da sandália, Lee afirma que essa nunca foi uma preocupação. “Nosso objetivo era desenvolver um sapato que durasse muito tempo.”

Equipada com fivelas ajustáveis e sola de borracha super-resistente, sandália pode ter até cinco tamanhos
Reprodução/Bored Panda - 15.02.2017
Equipada com fivelas ajustáveis e sola de borracha super-resistente, sandália pode ter até cinco tamanhos

Desenvolvido para ter uma vida útil de até cinco anos, o “Shoe that Grows” (ou “Sapato que Cresce”, em tradução livre) é equipado com uma sola de borracha, parecida com um pneu, e tiras de couro reforçadas.

LEIA MAIS: Restaurante nos EUA transforma ex-presidiários em profissionais da cozinha

E o mais interessante é que a invenção de Lee já voou e está nas ruas do Quênia, de Gana, da Nicarágua e da Guatemala. Uma recompensa sem tamanho para seu criador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.