Tamanho do texto

Vídeos com depoimento de pessoas que experimentam aparelho de empresa americana pela primeira vez emocionam e viram hit nas redes sociais

Imagem mostra como uma pessoa daltônica para as cores vermelho e verde enxerga sem os óculos especiais
EnChroma/ Divulgação
Imagem mostra como uma pessoa daltônica para as cores vermelho e verde enxerga sem os óculos especiais

Você já se perguntou por que a cor predominante nas páginas do Facebook é azul? Pois bem, saiba que o motivo passa longe de estudos sobre a preferência dos usuários ou de alguma interpretação estética do algoritmo que comanda a rede social. O Facebook é azul desde o seu nascimento porque Mark Zuckerberg, criador da plataforma, é daltônico e não consegue distinguir tons de verde e vermelho. “O azul é a cor mais rica para mim. Posso ver tudo em azul”, explicou o bilionário em uma de suas primeiras entrevistas.

LEIA MAIS: Homem documentou 18 anos de sua vida clicando uma polaroid por dia

Zuckerberg é mais um entre os cerca de 300 milhões de humanos com algum tipo de algum tipo de daltonismo – perturbações na percepção cromática que pode fazer com que cores sejam misturadas, esmaecidas ou até mesmo apagadas totalmente. Pensando nesse público, uma empresa norte-americana lançou uma série de óculos que prometem resolver o problema dos daltônicos – a um preço um tanto salgado, diga-se.

Tudo começou há 10 anos, quando um cientista chamado Don McPherson trabalhava em um novo tipo de lentes. Sua missão era criar óculos especiais para cirurgiões que trabalham com intervenções a laser. A ideia era proteger os olhos dos médicos dos efeitos nocivos dos raios luminosos. A missão foi cumprida e, de quebra, McPherson descobriu que suas lentes poderiam corrigir um problema até então insolúvel: o daltonismo.

LEIA MAIS: Alemães misturam yoga com cerveja e criam nova febre

A partir daí, o inventor estruturou sua empresa, batizada de Enchroma, e desenvolveu uma linha de óculos que promete solucionar as três formas mais comuns de daltonismo. Os produtos estão disponíveis nos Estados Unidos e para compra online, com custo que parte de US$ 269, para os modelos infantis, e R$ 349, para os adultos. Uma busca nos sites de comparação de preços brasileiros apresentou anúncios que chegam à casa dos R$ 2.000.

Como o que interessa a este espaço são as histórias humanas por trás de ótimas ideias, melhor ficarmos com alguns vídeos que mostram as primeiras experiências de alguns daltônicos com os óculos Enchroma. Prepare-se para se emocionar...







LEIA MAIS: Quinze tatuagens mostram como cobrir marcas de nascença com arte

ATENÇÃO

Esta coluna não tem a menor pretensão de ser um veículo de jornalismo científico. Então, se você quiser saber mais sobre a tecnologia por trás dos novos óculos, vá até o site oficial . Lá também é possível fazer um teste para descobrir se você tem algum tipo de daltonismo.