Tamanho do texto

Veja como marcas de queimaduras, cortes e intervenções cirúrgicas que incomodam podem ser transformadas em algo positivo, em arte corporal

Nossos corpos são capazes de enfrentar e superar todo tipo de desafio, de cesarianas a transplantes de órgãos. Contudo, é quase impossível sair a mesma pessoa após tais experiências – seja física e/ou psicologicamente. No final das contas, as marcas que carregamos transformam-se em registros vivos de nossa história.

LEIA MAIS: Homem documentou 18 anos de sua vida clicando uma polaroid por dia

Acumulada ao longo dos anos, a cicatriz funciona como uma recordação eterna, sempre trazendo à tona momentos marcantes. Há quem as exiba com orgulho, como um troféu que simboliza a vitória sobre a adversidade. Mas também há aqueles que preferem esconder suas marcas.

Se você se enquadra na segunda categoria – ou conhece alguém que passa pelo mesmo –, mergulhe conosco nas fotos desta página. Elas são parte de uma coletânea feita pelo site “Bored Panda”, garimpada em diversos perfis de redes sociais. Quem sabe não pinta a inspiração que faltava para transformar o trauma em arte? 

LEIA MAIS: Jovem italiana reforma van “surrada” e cai na estrada com seu cachorro

1. Olha o passarinho!

Fruto de um acidente ocorrido durante um treino de ginástica, a cicatriz no antebraço da garota transformou-se em um galho mágico.

Veja como marcas de cicatriz, queimadura, corte e intervenções cirúrgicas podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como marcas de cicatriz, queimadura, corte e intervenções cirúrgicas podem ser transformadas em arte corporal



2. Há de ser forte

“Ao invés de cobrir minha cicatriz, decidi destacá-la”, diz a moça da imagem. Para tanto, ela tatuou a palavra “Força” ao lado da marca deixada por uma cirurgia na coluna.

Veja como marcas de cicatriz, corte e intervenções cirúrgicas podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como marcas de cicatriz, corte e intervenções cirúrgicas podem ser transformadas em arte corporal


3 . Siga em frente!

Um dos maiores constrangimentos de jovens que se cortam é conviver com suas cicatrizes. Eis uma bela inspiração para seguir em frente.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


4. O abstrato é lindo

O dono desta tatuagem usou a arte abstrata para cobrir as queimaduras causadas pela parte de metal de um isqueiro. Tudo por conta de uma aposta perdida durante o Ensino Médio.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


5. Marcas do passado

Quando tinha apenas dez anos, a dona deste belo laço teve de retirar parte dos ossos de seu joelho para extrair um tumor. Sua cicatriz ficou no passado. 

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


6. Linda volta por cima

Em depressão profunda, o jovem da foto usou a brasa de um cigarro para queimar o próprio braço. Hoje, sua tattoo é a representação da volta por cima. 

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


7. Olha ela!

Três anos após ter seu apêndice removido, a garota da imagem cobriu sua cicatriz com uma simpática lagartixa.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


8. Coração valente

Depois de um grave acidente de moto e de ter pinos inseridos em seu fêmur, a dona deste coração transformou sua cicatriz em um símbolo poderoso.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


9. Ao meu avô, com carinho

A tatuagem de âncora, uma das mais clássicas, tem dois propósitos para o jovem que a carrega: cobrir as marcas deixadas por um transplante de medula óssea e homenagear o seu avô.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal







LEIA MAIS: Restaurante nos EUA transforma ex-presidiários em profissionais da cozinha

10. Exemplo de força

A garota com esta bela tattoo é um exemplo de força. Afinal, ela cobre uma grande cicatriz, deixada por várias cirurgias que corrigiram uma grave escoliose.

Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal
Reprodução
Veja como cicatriz, corte e intervenção cirúrgica podem ser transformadas em arte corporal


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.