Bispo Abner Ferreira
Bispo Abner Ferreira
Bispo Abner Ferreira

“Penso, logo existo”. A frase de Descartes mostra o quanto é vital para o ser humano o “pensar”. O pensamento elabora conceitos, idealiza, dá significado, cria juízos e faz com que tenhamos dentro de nós um universo bem peculiar. Com ele é possível viajar sem sair do lugar.

O problema é quando usamos os pensamentos como munições contra nós mesmos. Criamos problemas que não existem, lembramos de coisas que nos põe para baixo e, em minutos, nos destruímos, ficamos atormentados e acumulamos pensamentos desnecessários. Assim como os pensamentos positivos devem ser cultivados, os negativos devem ser evitados.

O imperador-filósofo Marco Aurélio disse que “a felicidade de sua vida depende da qualidade de seus pensamentos” e, embora ele tenha ignorado a parte neurobiológica dessa afirmação, séculos depois a neurociência provou que ele estava certo.

Toda vez que temos um pensamento, ocorre uma reação bioquímica no cérebro e certas substâncias químicas são liberadas, enviando mensagens para o resto do corpo. Quando as recebe, ocorre uma série de reações físicas para alinhar o estado do corpo com o pensamento originado. Percebeu como o pensamento motiva suas ações?

Pensamentos positivos nos recarregam e devem ser cultivados, ao passo que a negatividade e pessimismo consomem energia e atraem mais negatividade. Pensamentos negativos são uma coisa natural. Eles vêm e vão. Mas quanto menos você deixar que eles permaneçam, melhor será. Agora, é importante que você saiba que nem todos os pensamentos negativos vêm da sua própria mente. Muitos são externos.

Você viu?

Se você assiste um noticiário, por exemplo, aquela notícia de violência fica na mente e pode colocar você pra baixo. Sempre que perceber que um pensamento assim está tomando conta da sua mente, procure se concentrar em algo positivo. Dá certo! É uma questão de prática.

Pensar em excesso também é um problema, assim como tentar adivinhar o que o outro está pensando. Esse último é feito com muita, mas muita frequência no dia a dia. Tiramos conclusões precipitadas quando fazemos essa leitura de “adivinhar”. Muitas vezes associamos a situação aos nossos próprios sentimentos, nossa insegurança, medo, etc. É a maneira como nós olhamos a situação e damos por fim nossa interpretação, fazendo muitas previsões equivocadas.

Contrário a isso, temos o pensamento positivo. Pensar positivo é basicamente enxergar o lado bom das coisas do seu passado e presente e, ao mesmo tempo, ter confiança e otimismo no futuro.

A Bíblia fala exatamente sobre isso: “Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas” (Filipenses 4.8). E ainda: “Mantenham o pensamento nas coisas do alto e não nas coisas terrenas” (Colossenses 3.2).

Deus nos deu a capacidade de abstração e raciocínio para usarmos da melhor maneira. Pensamento fixo em coisas negativas, ruins, em maldade, ganância e em tantas outras inclinações carnais geram más atitudes que terminam nos afastando de Deus e dos princípios da sua Palavra. E se existe alguém de quem não podemos esconder os nossos pensamentos, esse alguém é Deus. “Senhor, tu me sondas e me conheces. Sabes quando me sento e quando me levanto; de longe percebes os meus pensamentos” (Salmos 139.1-2).

Controle os seus pensamentos, pois a sua forma de pensar pode mudar tudo! Deus te abençoe.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários