Menos de dez senadores assinaram, até agora, o requerimento do senador Antonio Reguffe (sem-partido DF) que pede urgência para votar a Proposta de Emenda à Constituição do fim do foro privilegiado para mandatários.

Leia também: Executivos da Odebrecht entregaram vídeos e áudios de encontros na empresa

A proposta, de autoria do senador Alvaro Dias (PV-PR), aprovada na CCJ do Senado em dezembro, cochila numa gaveta ‘na fila’ para o plenário.

“Enquanto nos EUA a Suprema Corte tem 82 processos por ano, na França 156 e na Itália 276, o STF brasileiro tem 92.399 processos para julgar por ano. O foro privilegiado hoje funciona apenas e tão somente como um fermento para a enorme impunidade que existe no Brasil”, afirma Reguffe.

Leia também: Lista dois: Janot deve liberar delações da Odebrecht na íntegra

O sábio José Alencar, saudoso vice-presidente da República, repetia a quem o visitava que a impunidade é o maior problema do Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários