undefined
Divulgação
A exposição mostra que a identidade musical da Jamaica está ligada a fatos sociais e políticos

Jamaica, Jamaica! reúne fotografias, capas de álbuns, instrumentos musicais, folhetos, materiais gráficos das festas de rua, documentos, áudios e imagens de coleções particulares e instituições. Um panorama cronológico e histórico sobre a música jamaicana é demonstrado em oito núcleos, nos quais, em conjunto, traçam um olhar político, social e cultural, tendo a produção musical da ilha como fio condutor desta história, além das pesquisas realizadas pelo núcleo sobre a expansão da música jamaicana no Brasil – Maranhão, na Bahia e em São Paulo.

undefined
Divulgação
Jamaica, Jamaica! propõe uma experiência sonora que enaltece o país caribenho

Nesse contexto, Jamaica, Jamaica! (concebida pela Cité de la musique - Philharmonie de Paris) busca reconhecer parte da história por meio do olhar para os conflitos e encontros pós-coloniais que levaram a um movimento musical único e universal. A exposição será produzida e realizada pelo Sesc 24 de Maio, localizado no centro de São Paulo a partir de 14 de março (terça a sábado, das 9h às 21h, domingos e feriados, das 9h às 18h).

Leia também: “É Samba na Veia, é Candeia!” está de volta com elogio da crítica e sucesso de público

undefined
Divulgação
A mostra se divide em núcleos com elementos marcantes da cultura Jamaicana

A exposição contará com uma vasta programação integrada, com cursos, palestras, encontros e oficinas e conta também com projeto educativo proporcionando visitas orientadas e ateliês no espaço da exposição. Objetos, documentos e imagens vindos do Maranhão, Bahia e São Paulo fazem parte do histórico brasileiro. Jamaica, Jamaica! mostra que o país caribenho, berço de uma das principais correntes musicais da segunda metade do século XX, tem mais do que reggae e seu ícone universal, Bob Marley.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários