Tamanho do texto

O evento promovido pela primeira vez em Portugal já acontece há 14 anos em Bruxelas, buscando empoderar e difundir a cultura Africana na Europa

Empoderado, Dori Nigro, o Mister Black Portugal luta pela igualdade, respeito e diversidade
Divulgação
Empoderado, Dori Nigro, o Mister Black Portugal luta pela igualdade, respeito e diversidade

Pernambucano, o modelo Dori Nigro venceu o Mister Black Portugal. Ele não será apenas um representante de um concurso da beleza negra, seu papel envolve uma jornada de trabalho humanitário e social. "Serei um embaixador da diáspora africana em Portugal, angariando doações para ajudar pessoas em situações de risco, além de promover a cultura africana", explica o modelo que nasceu em Olinda, Pernambuco.

Leia também: De Valeria Valenssa a Erika Moura, relembre as musas da vinheta do Carnaval Globeleza

Desde cedo Dori revelou interesse pelas artes, participando ainda quando criança de grupos de teatro na comunidade onde morava. Começou a trabalhar como modelo aos 17 anos e em 2012 viajou para Portugal, para cursar o mestrado em artes. "Atualmente continuo residindo em Portugal, cursando nesse momento o doutoramento em Artes pela Universidade de Coimbra", ele revela, orgulhoso.

Leia também: Renato Sorriso é símbolo do Carnaval e se tornou o gari mais famoso do País

O Mister Black Portugal quer trabalhar empoderando a identidade e cultura Afro
Divulgação
O Mister Black Portugal quer trabalhar empoderando a identidade e cultura Afro

Agora, o Mister Black Portugal vai se envolver em uma jornada de trabalho social e humanitário divulgando e apoiando associações em países africanos e em Portugal. "Saio dessa experiência com mais força para dar inicio a uma outra etapa que começa... Na luta pela igualdade, respeito, diversidade, paz e amor, porque somos todos humanidade".