undefined
Divulgação
Adriano Lugoli cresceu odiando seus traços e a cor de sua pele

Adriano Lugoli foi expulso de casa por vender pertences da família para comprar droga. Dez anos depois, livre do vício, o mineiro de Uberlândia virou modelo de sucesso: brilha em campanhas publicitárias, editoriais de moda, comerciais de TV e nas passarelas da moda.

undefined
Divulgação
O ex-morador de rua se libertou das drogas e virou modelo de sucesso

"Perdi o meu pai quando eu tinha seis meses. Fui criado com muito amor pela minha mãe. Porém, aos 6 anos, conheci o verdadeiro significado da palavra rejeição na escola, pois pelo fato de ter os traços senegalenses, passei a ter os piores apelidos", recorda Adriano. "Com isso, cresci odiando meus traços e a minha cor".

Leia também: Moda Afro, desfile por aí de cabeça erguida

undefined
Divulgação
Adriano Lugoli foi destaque no programa Encontro com Fátima Bernardes

Quando ia à alguma festa Adriano Lugoli tinha vergonha de dançar, de se aproximar das garotas. "A única forma que encontrei de vencer a timidez foi através do cigarro que me deu segurança de chegar nos lugares.

undefined
Divulgação
Vida que segue: o ex-morador de rua recebe beijo do apresentador Rodrigo Faro

Depois o álcool, que me ajudava a ser o cara que não conseguia ser quando estava sóbrio". A partir daí veio a maconha que, segundo ele, lhe abriu a mente pra querer conhecer outras drogas...

Leia também: Karol Conka, empoderada, autêntica e atrevida

undefined
Divulgação
Adriano Lugoli é entrevistado por Ana Furtado no programa É de Casa

Por esse caminho Adriano foi buscando aceitação, buscando ter amigos e ser querido em festas... "Em uma delas, me apresentaram a cocaína... Depois me oferecerem o crack que foi uma droga que me fez perder todo o controle sobre tudo na minha vida. Abandonei o trabalho, porque estava tão magro que as pessoas comentavam que eu estava com câncer ou com Aids. Perdi tudo, vendi tudo, até a minha própria família não poder mais me aceitar em casa e eu ter que viver três anos da minha vida na rua".

Leia também: Racismo Virtual. Como "deletar" os infratores

undefined
Divulgação
Adriano Lugoli brilha no programa Eliana, no SBT

O mineiro que mora em Brasília foi para o fundo do poço: Adriano Lugoli virou mendigo, vivia pedindo dinheiro pelas ruas. Andava vagando de dia, noite e madrugada... "Um dia a minha irmã me encontrou e disse que assim como uma pessoa que tem um câncer precisa de um hospital eu também precisava de uma casa de recuperação pra me tratar". Depois de várias tentativas frustradas, ele tentou uma casa de recuperação em Brasília, onde decidiu finalmente ficar e tentar voltar a viver...

Leia também: É o fim... Demitido por ser negro...

undefined
Divulgação
Livre das drogas, Adriano Lugoli faz sucesso em campanhas publicitárias

Não demorou muito, já livre – e longe! – das drogas, depois de seis meses, o "milagre" aconteceu: Adriano conheceu uma mulher que mudou a sua vida: se casou... Meses depois, uma alegre surpresa: ela estava grávida. "Ganhamos um ensaio fotográfico durante a gravidez do primeiro filho. Coloquei uma das fotos no perfil de uma rede social". O resultado? "Várias pessoas me elogiaram e falaram para mandar as fotos pra uma agência de modelos".

undefined
Divulgação
O ex-usuário de drogas brilha nas passarelas da moda

Temendo o preconceito que viveu, Adriano não deu muita importância... "Mas, o incentivo foi tanto que mandei. Passei logo nos primeiros testes, gravei comerciais de TV e fui fotografado para revistas. Em seguida, encarei uma passarela". Com o sucesso, a sua história de superação virou referência para outras pessoas, sendo citada na TV, em revistas, sites e jornais nacionais.

Leia também: Vanessa Jackson vive Whithey Houston em musical

undefined
Divulgação
Adriano Lugoli, diz não às drogas, solta a voz e brilha!

Hoje, além de modelo, Adriano Lugoli é palestrante. "Como a carreira de modelo é muito rápida, além do curso de atuação que tenho feito, pretendo continuar com a palestra e já estou escrevendo um livro falando sobre superação que vai se chamar Vamos Viver?", comemora o modelo que vive "desfilando" pelos mais importantes programas de televisão, contando sua história de superação. Hoje está muito bem, obrigado. "Sou o autor da minha vida! Tenho uma esposa linda, dois filhos e muitos projetos", comemora o e ex-morador de rua que virou modelo de sucesso. "Eu venci! Estou longe das drogas e celebro cada minuto da minha vida assim: rindo à toa!"

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários