Tamanho do texto

A culinária brasileira é uma mistura de tradições e ingredientes ricos, saborosos e diversificados

Para o Chef de cozinha Joka Pimenta gastronomia é prazer e satisfação
Divulgação
Para o Chef de cozinha Joka Pimenta gastronomia é prazer e satisfação

A culinária brasileira é uma das melhores do mundo quando se trata de sabor, qualidade, beleza e variedade! Sofreu influências indígena, africana e europeia, dando origem a pratos típicos deliciosos e conhecidos mundialmente, como estes preparados aqui por experts. É de dar água na boca...

Leia também: Noivas, fique pronta para o dia do "SIM!" 

Delicioso lombo suíno com compota de cebola roxa e mangas com erva-doce
Reprodução
Delicioso lombo suíno com compota de cebola roxa e mangas com erva-doce


Para começar, uma receita do conceituado Chef de cozinha Michel Khodair, do CEG – Centro Especializado em Gastronomia, de São Paulo: lombo suíno com compota de cebola roxa e mangas com erva-doce. "No azeite e temperado com crisp de couve-manteira", alerta o especialista.

Ingredientes:

- 1 lombo suíno inteiro
- 500 gramas de cebola roxa
- 400ml de vinagre balsâmico
- 120 gramas de açúcar refinado
- 1 manga palmer madura
- 1/3 pimentão vermelho
- 100ml de azeite de oliva
- ½ maço de couve-manteiga
- Erva doce a gosto
- Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de fazer:

- Tempere o lombo com sal e pimenta e deixe marinar no óleo por duas horas no mínimo.
- Leve-o ao forno pré-aquecido a 200ºC embrulhado em papel alumínio.
- Corte a cebola em tiras finas.
- Corte a couve manteiga bem fininha e frite-a rapidamente em óleo bem quente. Escorra e reserve. Leve ao fogo baixo com o vinagre e o açúcar.
- Deixe até engrossar o vinagre. Corte a manga e o pimentão em cubos pequenos. Misture-os delicadamente com o azeite, a erva doce, o sal e a pimenta.
- Sirva a carne e a compota quente com a manga fria.

Leia também: Sua pele. Dicas da dermatologista das estrelas

Baião de dois: casamento perfeito do arroz com feijão, pode ser feito em várias versões
Reprodução
Baião de dois: casamento perfeito do arroz com feijão, pode ser feito em várias versões


Arroz com feijão! Existe dupla mais popular que essa? Para Ariel Araujo Vieira, proprietário do badalado restaurante Feijão de Corda, na zona norte de São Paulo, o Baião de Dois é o casamento perfeito do arroz com feijão. Entre no clima do nordeste e aprenda esta deliciosa receita. "O baião de dois pode ser feito em várias versões!", frisa o especialista. Vamos lá... Vai dar samba, ou melhor, baião!

Ingredientes:

Um quilo de arroz
Um quilo de feijão de corda (fradinho)
500 gramas de carne seca
Linguiça calabresa
Bacon
Queijo coalho
Manteiga de garrafa
Tempero a gosto

Modo de fazer:

- Cozinhe o feijão e reserve o feijão e o caldo.
- Em uma panela, refogue o bacon até dourar.
- Acrescente a manteiga de garrafa e refogue o alho e a cebola.
- Coloque a carne seca e refogue um pouco mais. Adicione as linguiças e deixe dourar rapidamente.
- Coloque o arroz para cozinhar. Quando estiver cozido, acrescente o feijão e a pimenta.
- Finalize com o queijo coalho, a cebolinha e o coentro. Acerte o sal se necessário.

Leia também: "Negro" ou "Preto"? Qual o termo mais adequado?

Arrumadinho de carne seca. Delícia com o gostinho nordestino
Reprodução
Arrumadinho de carne seca. Delícia com o gostinho nordestino


O Chef de cozinha gaúcho Joka Pimenta acredita que quando falamos em gastronomia, muitos pensam logo em paladar, mas, segundo ele, é bem mais do que isso, é um prazer, uma satisfação. "Entre degustações e combinações surge a harmonia entre sabores e aromas que mostram toda a dedicação e criatividade de um Chef de cozinha." Joka é pioneiro no curso que ministra para pequenos grupos intitulado: "Comidas Rápidas para Visitas Inesperadas". Aqui, ele ensina a fazer um Arrumadinho de Carne Seca. Prepare-se para se deliciar!

Ingredientes:

500 gramas de charque dianteira
250 gramas de feijão verde
50 gramas de farinha de mandioca
Quatro dentes de alho bem picadinhos
Dois tomates
Uma cebola picada
Meio maço de coentro picado
Sal a gosto
Azeite e vinagre suficientes para regar o vinagrete que acompanha o prato

Modo de fazer:

- Cozinhe o feijão em um litro de água com sal a gosto.
- Leve o charque para ferver em dois litros de água. Depois de levantar fervura, deixe ferver por mais dez minutos. Depois de cozida, corte-a em cubinhos. Refogue o charque no óleo. Cuidado para não ficar muito frita ou crocante.
- Para fazer a farofa, refogue na manteiga os quatro dentes de alho bem picadinhos. Quando estiverem dourados, acrescente a farinha. Misture tudo e está pronta a sua farofa.
- O prato é servido com vinagrete: pique o tomate, o coentro e a cebola e tempere com sal, azeite e vinagre.
- O arrumadinho fica pronto ao decorar o prato: coloque o feijão embaixo de tudo. A farofa por cima do feijão. Depois, o charque cobrindo o feijão e por cima de tudo o vinagrete.

Leia também: Meu turbante é minha coroa!

Brasil e África. Prato elaborado pelo Chef de cozinha Michel Khodair, do CEG
Reprodução
Brasil e África. Prato elaborado pelo Chef de cozinha Michel Khodair, do CEG


Peixe com toucinho defumado, banana da terra e quiabo. O modo africano de cozinhar continua transformando receitas, apimentando e dando mais sabor à culinária brasileira, como mais este delicioso prato elaborado pelo Chef de cozinha Michel Khodair, do CEG – Centro Especializado em Gastronomia, de São Paulo. “Para ilustrar este segmento tão rico e diversificado, preparei um peixe do mar (robalo), servido na folha de banana-da-terra, toucinho defumado (bacon) e quiabo. É ver e deliciar-se!”

Ingredientes:

Um filé de robalo ou outro peixe de filé grosso
Duas bananas da terra maduras
Dez unidades de quiabos
Fatias finas de toucinho defumado
Decoração: pimenta e folha de bananeira

Modo de fazer:

- Lave e corte as pontas do quiabo. Refogue-o e reserve.
- Corte as bananas em rodelas grossas e frite-as em óleo quente.
- Asse o toucinho em tiras no forno bem quente e reserve em papel toalha para secar.
- Tempere o peixe com sal e pimenta do reino.
- Frite-o levemente em azeite bem quente e depois leve para assar em forno com temperatura alta até ponto desejado.
- Sirva imediatamente com o acompanhamento que melhor preferir. Bom apetite!

Leia também: Moda Afro, desfile por aí de cabeça erguida