Gavião-carijó atingido por bala passou por cirurgia na UFMT
Divulgação/UFMT
Gavião-carijó atingido por bala passou por cirurgia na UFMT


Um procedimento cirúrgico realizado no Hospital Veterinário (Hovet) da Universidade Federal do Mato Grosso ( UFMT ) salvou a vida de um gavião-carijó resgatado depois de tomar um tiro no peito . A ave foi encontrada na semana passada, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Segundo a UFMT, o resgate foi feito pela Polícia Ambiental, em conjunto com a Secretaria de Estado de Meio-Ambienta (Sema). Antes gravemente ferido, o gavião mostrou boa recuperação depois da cirurgia e deve ser devolvido, em breve, para a natureza, ainda sem uma data certa para que isso aconteça.

Leia também: Caçadores matam girafas brancas raras dentro de santuário no Quênia

A prática de atirar em animais por lazer não é incomum no Mato Grosso. O próprio Hospital Veterinário da UFMT costuma receber, com certa frequência, espécies silvestres atingidas por tiros ou pedras. Muitas vezes, esses animais não sobrevivem.

O gavião-carijó não é uma espécie ameaçada de extinção e pode ser encontrado em abundância em diversas regiões do Brasil. O animal também habita a fauna de outros países latino-americanos, do México à Argentina.

    Veja Também

      Mostrar mais