Tamanho do texto

Manchas apareceram no dia 30 de dezembro em Caetanos de Cima, no município de Amontada, e na praia de Apiques, em Itapipoca

Agência Brasil

praia com óleo arrow-options
Arquivo pessoal
Litoral cearense voltou a ser atingido por manchas de petróleo cru

Desde o ultimo dia 30 de dezembro , manchas de óleo apareceram no litoral do Ceará. Segundo o Grupo de Acompanhamento e Avaliação (GAA), formado pela Marinha do Brasil, Agência Nacional de Petróleo e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), militares já fizeram a limpeza no litoral do estado e nas áreas não habitadas das praias.

Os resíduos foram encontrados em Caetanos de Cima, no município de Amontada, e na praia de Apiques, em Itapipoca.

Leia também: Manchas de óleo reaparecem em praias do Ceará após dois meses sem registros

Amostras do material foram enviadas para análise no Instituto de Estudos do Mar Almirante Paulo Moreira (IEAPM) para verificar o tipo de óleo encontrado.

Resíduos

Até o momento, mais de 5 mil toneladas de resíduos oleosos foram recolhidas no litoral das regiões Nordeste e Sudeste. A contagem desse material não inclui somente óleo, mas também é composta por areia, lonas e outros materiais utilizados para a coleta.

De acordo com o governo do Ceará, devido ao monitoramento feito pelo Marinha e o Ibama, não são mais perceptíveis as manchas encontradas na madrugada do dia 30 de dezembro na maioria das áreas de praia e manguezais do litoral.

*Estagiária sob supervisão de Maria Claudia