Lula-vampira-do-inferno
Reprodução
Animal é encontrado em águas profundas.

Apesar de ter apenas 30 centímetros de comprimento, a  Vampyroteuthis infernalis , também conhecida como lula-vampira-do-inferno , possui uma aparência assustadora. Isso porque, quando se sente ameaçado, o animal volta seus tentáculos para dentro e toma uma forma horripilante. Veja abaixo: 

Leia também: Caranguejo gigante: conheça o monstruoso crustáceo que escala coqueiros

Encontrada nas cores vermelha, roxa, preta e marrom, essa espécie de lula possui uma membrana que liga os seus oito tentáculos, que são cobertos por fileiras de pequenos espinhos, lembrando asas de morcegos. Daí o nome de "vampira". Os adultos da espécie possuem duas aletas, que se assemelham com pequenas asas, que facilitam sua locomoção no fundo doos oceanos Pacífico e Atlântico, onde vivem.

O animal, que pertence ao grupo dos cefalópodes, vive em entre os 400 e os 1000 metros de profundidade, em uma região conhecida pela baixa concentração de oxigênio: 3%. Tal condição faz com que a lula-vampira-do-inferno seja um dos poucos animais capazes de sobreviver em tais condições. 

Por viverem em um ambiente inóspito, as opções alimentares da lula são  restritas. Por isso, os animais da espécie são onívoros, alimentando-se de animais e plantas que encontrarem nas regiões em que habitam. Apesar de ser predadora de espécies menores (como camarões), a lula-vampira-do-inferno também é presa de peixes, baleias e leões-marinhos.

Confira um vídeo da lula-vampira-do-inferno nadando:


    Leia tudo sobre: lula

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários