Tamanho do texto

Novo chefe do parque que abriga o Pico da Bandeira é filiado ao DEM e substitui analista ambiental; escolha gerou críticas entre especialistas, que afirmam que a nomeação tem motivações políticas e não técnicas

Dalmes Dutra Cardoso Júnior arrow-options
Reprodução/Facebook
O Governo nomeou o comerciante Dalmes Dutra Cardoso Júnior como novo chefe do Parque Nacional de Caparaó.

O governo federal oficializou a mudança na chefia do Parque Nacional do Caparaó, na divisa entre Minas Gerais e Espírito Santo. O novo chefe do parque será Dalmes Dutra Júnior, um comerciante conhecido na região como "Juninho do Artesanato".

Leia também: Medusa gigante é flagrada na costa da Inglaterra

Segundo portaria publicada na última segunda-feira (15) no Diário Oficial da União , o Presidente do Instituto Chico Mendes (ICMBio), Homero Cerqueira, exonerou o antigo chefe do parque , o analista ambiental Cristhophe Balmant, e nomeou Dalmes para assumir a função. O novo diretor é filiado ao DEM e foi candidato a vice-prefeito de Caparaó em 2016, mas não foi eleito.

A nomeação de Dalmes foi criticada por especialistas e grupos ligados à defesa do meio ambiente . A ex-candidata à Presidência e ativista em prol da preservação ambiental Marina Silva  (Rede) foi uma das figuras públicas que demonstrou sua insatisfação com a escolha. Confira abaixo:

Antes de anunciar a nomeação de Dalmes, o ICMBio havia nomeado uma produtora rural de 25 anos como nova chefe do Parque Nacional da Lagoa do Peixe (RS). O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, defendeu que, onde for necessário, vai colocar pessoas de confiança em cargos de gestão.