Tamanho do texto

Imagens foram registradas na cidade de Norilsk, conhecida por seus altos índices de poluição provenientes da fundição do minério de níquel

Urso polar
Reprodução
Animal viajou mais de 1.500 km até alcançar os limites da cidade russa

Uma triste cena, que mostra os efeitos negativos da ação humana na natureza, foi registrada nesta terça-feira (18) na cidade russa de Norilsk, região norte do país. Um urso polar, que aparentava bastante cansaço, foi fotografado enquanto se alimentava em um lixão.

Leia também: Arraia gigante fica presa em rede e arrasta barco, em Santa Catarina; assista

Segundo informações do jornal The Siberian Times, o abatimento do urso polar era justificado, uma vez que ele teve que viajar uma longa distância desde a costa siberiana, na região do Mar de Kara, até os limites da cidade, conhecida por ser uma das mais poluídas do mundo pela altas quantidade de minério de níquel fundidas nas fábricas da região.

Especialistas acreditam que o animal tenha cruzado toda a península de Taymyr , passando pelo território dos ursos marrons que vivem na região, até alcançar a cidade, o que representaria uma caminhada de mais de 1.500 km.

As longas caminhadas em busca de comida são comuns para a espécie, ameaçada de extinção e protegida por leis anti-caça no país. Porém, a distância percorrida desta vez mostra que o animal estava desnorteado e acabou descendo demais para o sul, o que fez com que atingisse o distrito.

Foi a primeira vez que um urso polar foi visto em  Norilsk nos últimos 70 anos. O ineditismo da situação, inclusive, fez com que as autoridades desconfiassem das chamadas de emergência que informavam sobre a presença do animal nos limites da cidade.

"Depois de algumas ligações, resolvi ir até o local indicado e acabei vendo o urso com meu próprios olhos. É um caso único e raro. Agora, temos duas opções: devolvê-lo para seu habitat natural ou encaminhá-lo para algum zoológico da região", disse Anatoly Nikolaychyuk, chefe do Departamento de Controle de Caça da península de Taymyr.

Leia também: Tubarão é capturado e morto por pescadores na Bahia depois de ficar preso

Ainda de acordo com a publicação, o destino mais provável do urso polar é o zoológico Royev Ruchei, localizado em Krasnoyarsk. Entretanto, uma petição criada por moradores de Norilsk pede que o animal seja sedado e devolvido para a costa.